sicnot

Perfil

País

Fogo em Abrantes com quatro frentes ativas

O incêndio que deflagrou esta terça-feira à tarde em Sentieiras, Abrantes, passou de três para quatro frentes ativas, tendo ardido uma habitação em Carvalhal, sem vítimas, disse à Lusa fonte da Proteção Civil.

Em declarações à Lusa, o comandante Paulo Cardoso, do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém, disse ter informação de uma casa ardida na Rua da Glória, em Carvalhal (Abrantes), sem vítimas, situação confirmada pelo presidente da junta de freguesia.

Luís Serras disse à Lusa que dois irmãos ficaram desalojados, e foram acolhidos por familiares, sublinhando ter sido esta a única casa ardida na freguesia, o que atribuiu à intervenção "pronta e incansável" dos bombeiros.

Às 23:15, a página da Autoridade Nacional da Proteção Civil indicava que o fogo estava a ser combatido por 632 operacionais e 197 viaturas.

Segundo Paulo Cardoso, o combate a este incêndio, que abrange áreas dos concelhos de Abrantes e do Sardoal, tem sido dificultado por lavrar numa zona com muitas pequenas povoações e casas dispersas.

As duas fontes afirmaram que arderam alguns barracões e armazéns de arrumos.

Paulo Cardoso confirmou a evacuação de uma casa em Sobral Basto, da qual foi retirado temporariamente e por precaução o casal que aí reside, por se tratar de pessoas invisuais que teriam dificuldade em deixar a habitação, que está numa zona isolada, se isso fosse necessário.

Segundo o comandante, o casal já regressou a casa.

Segundo Paulo Cardoso, ao longo da tarde foi acionada a presença de ambulâncias para o caso de ser necessário retirar pessoas com mais dificuldade de mobilidade, como era o caso de um lar situado em Carvalhal, o que acabou por não se verificar, situação igualmente referida por Luís Serras.

Os esforços dos meios no terreno foram concentrados na proteção de pessoas e habitações, esperando Paulo Cardoso que nas próximas horas se possam virar para o combate ao fogo na floresta.

Lusa

  • Incêndio em Abrantes mobiliza mais de 300 bombeiros
    3:48

    País

    O incêndio de grandes dimensões que deflagrou na tarde desta segunda-feira no concelho de Abrantes, permanece ativo. No terreno mais de 300 homens apoiados por três meios aéreos combatem três frentes de fogo. O incêndio deflagrou por volta das quatro da tarde.

  • Imagens impressionantes do incêndio em Abrantes
    3:59

    País

    Está ainda ativo um incêndio de grandes dimensões que deflagrou esta segunda-feira perto das 16h00, em Sentieiras, no concelho de Abrantes. O fogo, em zona florestal, está a lavrar em duas frentes e em direção às freguesias de Fontes e Carvalhal, pondo em perigo habitações. Segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil, pelas 18h00, o incêndio estava a ser combatido por 288 bombeiros, apoiados por 82 viaturas e cinco meios aéreos. As imagens do incêndio são impressionantes.

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.