sicnot

Perfil

País

PJ deteve alegado autor de incêndios no concelho de Paredes

A Diretoria do Norte da Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje ter detido, em colaboração com a GNR, o presumível autor de dois fogos florestais ocorridos em Recarei, no concelho de Paredes.

Em comunicado, a PJ esclarece que a detenção foi o culminar de diligências desenvolvidas para identificar o autor, na sequência de diversos incêndios florestais que têm ocorrido naquele concelho.

De acordo com a PJ, "os fogos terão sido provocados com recurso a um cigarro e a fósforos, num aparente quadro de incendiarismo e fascínio pelo fogo, consumindo cerca de um hectare de mato e arvoredo, tendo colocado em risco diversas habitações e indústrias existentes nas proximidades".

O detido, de 38 anos, calceteiro, desempregado, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das adequadas medidas de coação.

Este ano, a Polícia Judiciária já identificou e deteve 42 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.

Lusa

  • Todos os distritos sob Aviso Amarelo devido ao frio

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera colocou Portugal continental sob Aviso Amarelo na quarta e na quinta-feira. Os termómetros vão estar abaixo de zero em todo o território, à exceção dos distritos de Lisboa, Porto e Faro.

  • Motim em prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos
    1:09

    Mundo

    Um novo motim numa prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos. A prisão, que é a maior do Estado do Rio Grande do Norte, tem capacidade para 600 reclusos mas acolhe quase o dobro. Após o motim de 14 horas, a polícia já tem o controlo total da prisão.

  • Aqui também se vive
    16:07
  • Austrália condena Japão por caça de baleias no Oceano Antártico

    Mundo

    O Governo da Austrália condenou hoje o Japão por retomar a caça de baleias no Oceano Antártico, após a divulgação de imagens de um cetáceo morto a bordo de um barco japonês que se encontrava em águas protegidas.O ministro do Ambiente, Josh Frydenberg, manifestou "profunda deceção", um dia depois de a organização Sea Shepherd divulgar fotografias e vídeos de uma baleia minke no barco japonês Nisshin Maru.