sicnot

Perfil

País

Jovem com 18 quilos de cocaína intercetado no aeroporto de Lisboa

Um jovem de 20 anos que transportava uma mala com cerca de 18 quilogramas de cocaína foi intercetado esta quarta-feira no aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras e entregue às autoridades judiciárias, informou o SEF.

Quando intercetado pelo SEF, o jovem, proveniente de um voo do Brasil e que tinha como destino Madrid, confirmou que transportava uma quantidade que desconhecia de cocaína na bagagem de porão e que esta seria distribuída em Espanha, lê-se numa nota do SEF.

Após articulação com a Autoridade Tributária e Aduaneira (ATA) foi confirmada a existência de alegado produto estupefaciente, estimando-se que pese perto de 18 quilogramas, incluindo o peso da mala, já que o produto estupefaciente está incrustado na estrutura.

Na terça-feira, o SEF intercetou igualmente no aeroporto de Lisboa outro cidadão estrangeiro, de 26 anos. Também proveniente do Brasil e com destino à capital espanhola, o cidadão admitiu que transportava junto ao corpo alguns quilogramas de substâncias estupefacientes.

O jovem foi também entregue às autoridades judiciárias competentes.

Lusa

  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Pescador resgatado de um lago gelado na Estónia
    1:08
  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.