sicnot

Perfil

País

O tempo para hoje

O tempo para hoje

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade no litoral a norte do Cabo Raso, até meio da manhã. Durante a tarde, aumento de nebulosidade nas regiões do interior, com possibilidade de ocorrência de aguaceiros.

O vento será fraco, soprando moderado de noroeste no litoral oeste, em especial a sul do Cabo Carvoeiro e durante a tarde, e moderado a forte de nordeste nas terras altas até meio da manhã.

O instituto prevê ainda uma pequena subida da temperatura máxima para hoje.

Para os Açores, e para a generalidade das nove ilhas, o IPMA prevê períodos de céu muito nublado com abertas e aguaceiros fracos.

Já para a Madeira, o IPMA prevê períodos de céu muito nublado, apresentando-se em geral pouco nublado nas vertentes sul da ilha da Madeira, com possibilidade de ocorrência de aguaceiros fracos até ao final da manhã nas vertentes norte da ilha da Madeira, além de uma pequena descida da temperatura máxima.

Segundo o IPMA as temperaturas máximas vão hoje atingir os 36 graus Celsius em Évora e Santarém; os 35 em Beja, Braga e Castelo Branco; 34 em Portalegre e Viseu; 33 em Vila Real; 32 em Faro, Bragança e Lisboa; 29 no Porto; 27 em Ponta Delgada, Angra do Heroísmo e Santa Cruz; e 26 no Funchal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.