sicnot

Perfil

País

Detido em Abrantes suspeito de crime de incêndio florestal

A Polícia Judiciária anunciou hoje a detenção de um homem de 40 anos em Areias, Alvega, no concelho de Abrantes, por estar "fortemente indiciado pela prática de um crime de incêndio florestal".

Em comunicado, a PJ de Leiria refere que o detido, "movido por alegado incómodo decorrente da insistência de vizinhos para que procedesse à desmatação e limpeza de área florestal de que é proprietário, agindo com premeditação, optou por atear um incêndio no próprio local", na noite de terça-feira, 30 de agosto.

Na ocasião, pode ler-se na mesma nota, o suspeito, servente de pedreiro de profissão, foi sujeito a teste de alcoolemia, tendo acusado uma taxa elevada de álcool no sangue.

O detido irá ser presente às autoridades judiciárias para primeiro interrogatório e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas, acrescenta a mesma nota, tendo a PJ feito notar que este ano "já identificou e deteve 58 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal".

A PJ, que refere ter atuado através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, com a colaboração da GNR, dá ainda conta de que "a rápida deteção do foco de incêndio pela vizinhança, já alertada do antecedente, e a pronta intervenção de populares e bombeiros, evitou a sua propagação à área adjacente, urbana e florestal, com perigo para pessoas e bens patrimoniais alheios de valor elevado".

Lusa

  • UGT reivindica que salário mínimo ultrapasse os 600€
    0:26

    Economia

    O secretário-geral da UGT reivindica que até 2019 o salário mínimo nacional ultrapasse os 600 euros. Este sábado, num congresso distrital na Guarda, Carlos Silva considerou que o Governo tem condições para ir mais além e voltou a defender que para o próximo ano o patamar mínimo para a negociação deve ser os 585 euros.

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Franceses em protesto contra reformas de Macron
    1:04
  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.

  • Tony Carreira em Paris com sala cheia
    2:36

    Cultura

    O cantor Tony Carreira actuou ontem em Paris e teve sala cheia a aplaudir os temas que o tornaram conhecido há quase 30 anos. As recentes acusações de plágio não parecem afectar a popularidade do artista, que vai continuar em tournée. A Sic acompanhou o artista neste concerto.