sicnot

Perfil

País

Gaston perde força na aproximação aos Açores

A Proteção Civil dos Açores informou hoje que o furacão 'Gaston' diminuiu de intensidade, encontrando-se como tempestade tropical a aproximadamente 500 quilómetros a oeste do Faial, grupo Central do arquipélago.


Uma nota do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) emitida às 10:40 locais (mais uma hora em Lisboa) cita o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) indicando que "o furacão Gaston diminuiu de intensidade, encontrando-se agora como tempestade tropical a aproximadamente 500 quilómetros a oeste do Faial, com deslocamento para este a 24 km/h, devendo atingir o arquipélago dos Açores a partir do meio-dia, afetando as ilhas dos grupos Ocidental e Central".

A Proteção Civil dos Açores refere, no entanto, que se mantém os níveis de alerta laranja para os grupos Ocidental (Flores e Corvo) e Central (Terceira, Graciosa, Faial, Pico e São Jorge) devido às previsões de vento, precipitação e agitação marítima.

Devido a previsões de agravamento do tempo, o Serviço Regional de Proteção Civil recorda que "o eventual impacto destes efeitos pode ser minimizado, sobretudo através da adoção de comportamentos adequados", pelo que, "em particular nas zonas mais vulneráveis, recomenda a observação e divulgação das principais medidas de autoproteção para estas situações" e pede às populações para estarem atentas às informações e indicações da Proteção Civil e forças de segurança.

Lusa

  • Vento vai chegar aos 120 km/h nos Açores
    0:23

    País

    O furacão Gaston diminuiu de intensidade nas ultimas horas e é agora considerado uma Tempestade Tropical. De acordo com o Instituto do Mar e da Atmosfera dos Açores, a tempestade está a cerca de 500 quilometros da Ilha do Faial. Nos grupos ocidental e central, as previsões apontam para vento muito forte, com rajadas até 120 quilómetros por hora.

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51