sicnot

Perfil

País

Mais de 80 bombeiros combatem incêndio em Valongo próximo de habitações

Mais de 80 operacionais estão a combater um incêndio de grandes dimensões em Valongo, com uma das frentes a dirigir-se a uma zona habitacional, disse à Lusa fonte dos bombeiros no local.

Ao início da tarde os bombeiros de Valongo foram alertados para seis incêndios simultâneos, dois dos quais acabaram por se fundir na zona de Paço, lugar onde está montado o posto de comando.

Uma das frentes do incêndio chegou mesmo a aproximar-se de algumas habitações, tendo ardido apenas um anexo, estando essa situação já controlada.

Pelas 18:15 encontravam-se no local 81 operacionais das corporações de Valongo, Ermesinde, Areosa, Gondomar, Lordelo, Baltar, Rebordosa e Leça do Balio, apoiados por 21 veículos.

"Os acessos difíceis estão a dificultar o combate às chamas", relatou um dos operacionais no posto de comando, segundo o qual uma das frentes está a dirigir-se para um bairro social em Valongo e outra aproxima-se de uma zona industrial.

Junto à zona habitacional foi já preparado um perímetro de combate às chamas.

A Autoridade Nacional de Proteção Civil registava, às 18:38, 68 ocorrências ativas, que mobilizavam um total 1.101 operacionais, apoiados por 322 viaturas e 16 meios aéreos, sendo o incêndio no concelho de Valongo o único sob a designação de "ocorrências importantes".

Lusa

  • Incêndio em Ribeira de Pena dominado esta manhã
    1:45

    País

    O incêndio de Ribeira de Pena foi dominado ao início da manhã. O fogo começou na quinta-feira à noite numa zona de difíceis acessos na serra do Alvão e mobilizou 120 operacionais. Durante o combate, dois bombeiros ficaram feridos, sem gravidade.

  • Mais de 100 bombeiros no combate às chamas em Ribeira de Pena
    0:29

    País

    Mais de 100 bombeiros continuam a combater o incêndio em Ribeira de Pena, no distrito de Vila Real. Esta é, esta manhã, a operação mais preocupante para a proteção civil. O fogo começou na quinta-feira e o combate às chamas tem sido dificultado pelos acessos complicados e pelo declive acentuado. O comandante da Proteção Civil de Vila Real afirmava ontem que estava intrigado com a origem dos focos de incêndio, que deflagraram durante a noite.

  • Turistas chegam a esperar 2 horas no controlo de passaporte do Aeroporto de Lisboa
    2:35

    País

    Chegar ao Aeroporto de Lisboa pode ser uma dor de cabeça para centenas de passageiros. A espera para o controlo de passaporte chegou a ultrapassar as duas horas nos meses de fevereiro e março. Manuela Niza, do Sindicato dos Funcionários do Serviços de Estrangeiros e Fronteiras, diz que têm sido contratados inspetores que depois são desviados para outros serviços.

  • Hasta pública de madeira ardida rendeu 2,85 milhões de euros

    País

    Mais de meia centena de lotes de madeira ardida proveniente de matas nacionais e perímetros florestais geridos pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) foram esta quinta-feira vendidos por 2,85 milhões de euros, numa hasta pública em Viseu.

  • "Dinheiro gasto em contentores dava para construir outro hospital" no Porto
    1:40

    País

    A bastonária dos Enfermeiros pede uma investigação aos contratos de contentores no Hospital de São João, no Porto. Ana Rita Cavaco diz que os "milhares de euros" já gastos na contratação e manutenção dos contentores da Pediatria e outros serviços do centro Hospitalar de São João davam para construir um novo hospital. E levanta ainda a suspeita sobre a empresa contratada.