sicnot

Perfil

País

Um dos cinco vencedores do Euromilhões registou boletim em Portugal

O primeiro prémio do Euromilhões de ontem, no valor de 39,2 milhões de euros, saiu a cinco apostadores, um dos quais em Portugal, informou a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

Pela primeira vez na história do jogo, segundo a Santa Casa da Misericórdia, o prémio saiu a cinco apostadores, um de Portugal, um na Suíça e três no Reino Unido.

O apostador em Portugal contemplado com um prémio de 7,8 milhões de euros registou o boletim no distrito de Viana do Castelo.

Desde 2004, que o Euromilhões já contemplou 61 apostadores portugueses com o primeiro prémio, sendo o prémio desta sexta-feira o terceiro atribuído em 2016.

O maior prémio de sempre atribuído em Portugal foi de 190 milhões de euros entregues a um apostador que registou o boletim em Castelo Branco, em outubro de 2014.

Com o segundo prémio foram apurados nove apostadores, um dos quais em Portugal, que vão receber, cada um, cerca de 153 mil euros.

O terceiro prémio vai ser entregue a 21 apostadores, cinco dos quais em Portugal, que vão receber, cada um, cerca de 21 mil euros.

O quarto prémio vai para 62 apostadores, 11 dos quais em Portugal, que vão receber, cada um, cerca de 3.700 euros.

A combinação vencedora do concurso 71/2016 do Euromilhões hoje sorteada é composta pelos números 08 -- 16 -- 32 -- 40 -- 50 e pelas estrelas 02 e 11.

Lusa

  • Captura ilegal de cavalos-marinhos na Ria Formosa
    3:02

    País

    Há cada vez menos cavalos marinhos na Ria Formosa. Cientistas da Universidade do Algarve dizem que a maior população desta espécie no mundo, que é a que existe na Ria Formosa, está ameaçada devido à captura ilegal para o mercado asiático. Dizem que, se nada for feito para travar este fenómeno, esta espécie protegida pode desaparecer em poucos anos.