sicnot

Perfil

País

Oito regiões do interior em risco elevado de ultra violeta

Reuters

Oito regiões portuguesas do interior norte e sul apresentam hoje risco muito elevado de exposição à radiação ultra violeta (UV), enquanto a costa portuguesa apresenta risco elevado, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

As regiões de Vila Real, Bragança, Viseu, Guarda, Castelo Branco, Portalegre, Évora e Beja apresentam risco de "Muito Elevado" de exposição aos raios UV.

Já as regiões de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Santarém, Leiria, Lisboa, Setúbal e Faro apresentam risco 'Elevado'.

Também a ilha de São Miguel e a Terceira nos Açores apresentam risco 'Elevado', enquanto a ilha da Madeira apresenta risco 'Muito Elevado'.

Para as regiões com risco 'Muito Elevado' e 'Elevado', o Instituto recomenda o uso de óculos de sol com filtro UV, chapéu, 't-shirt', guarda-sol e protetor solar, além de desaconselhar a exposição das crianças ao sol.

Os índices UV variam entre menor do que 2, em que o UV é 'Baixo', 3 a 5 ('Moderado'), 6 a 7 ('Elevado'), 8 a 10 ('Muito Elevado') e superior a 11 ('Extremo').

Para hoje o IPMA prevê tempo quente com céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade e com neblina na faixa costeira das regiões Norte e Centro até meio manhã.

O vento soprará fraco, soprando moderado (20 a 30 km/h), de noroeste no litoral a norte do Cabo Espichel durante a tarde, e de nordeste nas terras altas a partir do final da tarde.

O Instituto prevê ainda uma pequena subida de temperatura.

Para os Açores, o IPMA prevê períodos de céu muito nublado, descida da temperatura do ar, e aguaceiros, que poderão ser pontualmente fortes na madrugada e manhã, com possibilidade de trovoadas.

Já para a Madeira, o Instituto prevê períodos de céu muito nublado, com o vento fraco a moderado do quadrante norte.

Em relação às temperaturas, o IPMA prevê para hoje como cidade mais quente Santarém, com máximas de 43 Graus Celsius, 42 em Beja e Évora, 40 em Portalegre e Castelo Branco, 39 em Lisboa, 38 em Viseu, 37 em Vila Real e Faro, 36 em Bragança, Braga e Coimbra, 35 em Guarda e Sagres, 28 no Porto e 27 em Viana do Castelo. Angra do Heroísmo e Funchal chegam aos 25 e 23 em Santa Cruz das Flores.

  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11
  • Uma foto para a história

    Mundo

    As mulheres dos líderes mundiais que se reúnem nas cimeiras da NATO posam para a fotografia oficial das primeiras-damas. A deste ano é histórica. Pela primeira vez, há um marido de um primeiro-ministro entre as nove mulheres. Trata-se de Gauthier Destenay, casado com o líder do Luxemburgo.