sicnot

Perfil

País

Setenta burros de raça mirandesa em certame de valorização da espécie

Cerca de 70 burros de raça mirandesa participam na terça-feira no Concurso Regional de Raça Asinina de Miranda do Douro, avançou esta segunda-feira a organização do evento, liderada pela Associação para o Estudo e Proteção do Gado Asinino

Em declarações à agência Lusa, Miguel Nóvoa, secretário técnico da raça, disse que a iniciativa tem por objetivo avaliar a evolução e estado atual da raça asinina de Miranda e os progressos que se têm verificado no seu desenvolvimento genético.

Em todo o país estão registadas cerca de 800 fêmeas reprodutoras e cerca de meia centena de machos reprodutores.

Para o técnico, outro dos objetivos do concurso é o de proporcionar aos criadores a oportunidade de mostrarem o esforço que vêm desenvolvendo na seleção e valorização deste património genético "único".

"O despovoamento das aldeias e a mecanização da agricultura, que tanto alteraram a paisagem social do Planalto Mirandês a partir de meados do século passado, levaram à desativação desta feira durante alguns anos. Agora, é preciso dar-lhe um novo fôlego", frisou Miguel Nóvoa.

A AEPGA, enquanto entidade promotora do certame, propôs-se por isso revitalizá-lo e fazer dele "um evento-chave" para a valorização do Burro de Miranda, acrescentou.

O Concurso Regional da Raça Asinina de Miranda de terça-feira está marcado para recinto do Santuário da Nossa Senhora do Naso, no concelho de Miranda do Douro, distrito de Bragança, conta com a colaboração do município de Miranda do Douro e a orientação técnica da Direção Geral de Alimentação e Veterinária.

"Procura-se, simultaneamente, estimular os criadores para a produção de animais que, pelas suas características, bem-estar e qualidade de vida, possam contribuir para a promoção e dignificação desta raça, não só enquanto património genético, mas também enquanto património cultural", acrescentou Miguel Nóvoa.

Só se conseguem bons resultados no rejuvenescimento da população desta raça autóctone, que pode viver cerca de 40 anos, com o trabalho de longo prazo.

Lusa

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa. A Direção-Geral de Saúde vai divulgar ainda esta terça-feira as normas de orientação clínica para que os médicos possam lidar da melhor maneira com este surto.

  • Bruno de Carvalho e Octávio Machado suspensos

    Desporto

    O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, e o diretor-geral para o futebol, Octávio Machado, foram esta terça-feira suspensos pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, na sequência de uma queixa apresentada pelo Benfica em novembro de 2015.

  • Corredora exausta é levada ao colo até à meta na meia maratona do amor
    1:06

    Mundo

    Aconteceu este domingo em Filadélfia, EUA. A poucos metros da meta uma corredora exausta é amparada por dois colegas. Mas o cansaço é tanto que fica sem força nas pernas. É quando aparece a terceira ajuda. Um homem volta para trás e leva-a no colo até à meta. A centímetros do fim larga-a para que a corredora possa atravessar a meta pelo seu próprio pé.

    Patrícia Almeida

  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho