sicnot

Perfil

País

Aldeia de Boticas evacuada devido ao fogo

O presidente da Câmara de Boticas, Fernando Queiroga, disse que está a ser evacuada a aldeia de Torneiros devido à proximidade de um fogo que já lavra desde segunda-feira.

"A aldeia de Torneiros está completamente isolada, estamos a evacuar as pessoas e o fogo vai agora também em direção à sede do concelho e a Mosteirão", salientou o autarca.

O autarca explicou que os meios da câmara, como as carrinhas, estão a ser usados para retirar as pessoas da aldeia.

A Santa Casa da Misericórdia de Boticas também já disponibilizou todo o apoio necessário para ajudar a população afetada pelo incêndio, assegurando o alojamento e os cuidados básicos necessários às pessoas que foram evacuadas das suas casas por motivos de segurança.

Este fogo lavra desde as 16:17 de segunda-feira e está a ser combatido por 94 operacionais e 32 viaturas e conta com o apoio de um meio aéreo.

Este incêndio sofreu uma reativação já esta manhã e conta com um reforço de operacionais provenientes de Leiria.

No entanto, um outro fogo deflagrou também na zona de Codessoso, Boticas, cerca das 13:28 e está a ser combatido por 42 bombeiros e 10 viaturas.

"Há muitas ignições no distrito, já falei com a senhora ministra da Administração Interna por volta da hora do almoço a pedir reforços, estava a prever isto pela forma como isto está, mas não conseguiram mandar mais meios e agora estamos aqui enrascados", afirmou o autarca.

Os fogos neste concelho estão a queimar pinhal. Fernando Queiroga disse que o vento está muito forte e o fogo está muito intenso, não permitindo a aproximação dos bombeiros. "Estamos a tentar com as máquinas de rastos, mas está a ser fazer projeções a 100 metros, as temperaturas estão altíssimas, está tudo muito complicado", salientou.

O distrito de Vila Real está hoje a ser fustigado pelos incêndios. Para além de Boticas, há ainda fogos que lavram com muita intensidade nos concelhos de Ribeira de Pena e de Vila Pouca de Aguiar.

Em Ribeira de Pena, o combate às chamas em Alvadia, que avançam em quatro frentes, está a ser feito por 113 operacionais, 31 viaturas e um meio aéreo.

Este fogo deflagrou às 11:47 e há registo de que, pelo menos, um palheiro já foi queimado.

Já em Vila Pouca de Aguiar, o incêndio mobiliza 82 operacionais, 24 viaturas e um meio aéreo.

Também o concelho de Montalegre tem tido várias ignições ao longo do dia.

A página da internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil dava conta de oito incêndios ativos no distrito de Vila Real, pelas 18:00, que mobilizam 382 operacionais, 110 viaturas e quatro meios aéreos.

Lusa

  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Costa confiante no crescimento da economia e das exportações
    1:09

    Economia

    O primeiro-ministro manifestou confiança no crescimento da economia e das exportações. À margem da cerimónia dos 25 anos da Auto Europa em Portugal, António Costa deu vários exemplos de investimento estrangeiro, feito nas últimas semanas no país, e disse que os dados económicos recentes são positivos.

  • Turista italiano assassinado em favela do Rio de Janeiro
    1:01

    Mundo

    Um turista italiano de 52 anos foi assassinado numa favela do Rio de Janeiro, no Brasil, enquanto viajava com um amigo. Após várias horas com o gangue autor do crime, o amigo que se encontrava com a vítima acabou por ser libertado.

  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47