sicnot

Perfil

País

Fogo em Montargil, Ponte de Sor, já foi dominado

O incêndio florestal que deflagrou esta terça-feira em Montargil, no concelho de Ponte de Sor, Portalegre, tendo destruído uma casa e obrigado a retirar vários habitantes, já foi dominado, disse à agência Lusa fonte dos bombeiros.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Portalegre indicou que o fogo foi dado como dominado às 22:23, seis horas depois de ter começado.

Segundo fonte da GNR, "várias pessoas" foram retiradas das suas casas, ameaçadas pelas chamas, na zona de Montargil.

Pelo menos uma habitação acabou por ser consumida pelo fogo, indicou a fonte, referindo não haver danos pessoais a registar.

O incêndio deflagrou, cerca das 16:20, na zona de Farinha Branca, perto de Montargil, destruindo uma área de mato, pasto, pinheiros e sobreiros, de acordo com fonte do CDOS de Portalegre.

O combate às chamas envolveu 260 operacionais de várias corporações de bombeiros dos distritos de Portalegre e Santarém, com o apoio de 78 veículos e de três meios aéreos.

Lusa

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.