sicnot

Perfil

País

Resgatado pescador mordido por tubarão ao largo de Peniche

Um pescador foi esta quarta-feira mordido por um tubarão ao largo de Peniche e foi resgatado para terra de urgência, informou a Marinha.

O alerta foi dado a 150 milhas a oeste de Peniche pela embarcação da qual o pescador é tripulante, dando conta de que o homem de 55 anos, de nacionalidade portuguesa, "teria sido mordido por um tubarão numa perna e se encontrava com hemorragia controlada".

O Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa, em articulação com a Força Aérea Portuguesa e o Instituto Nacional de Emergência Médica - Centro de Orientação de Doentes Urgentes no Mar, iniciou então uma operação de resgate.

Um helicóptero da Força Aérea resgatou o tripulante para a base aérea do Montijo, seguindo daí de ambulância para o Hospital de São José, em Lisboa.

O pescador é tripulante da embarcação "Parma", de nacionalidade espanhola, mas costuma faz escala no Porto de Peniche (distrito de Leiria) para trocar de tripulação, fazer descarga de pescado ou reabastecer.

Lusa

  • Mário Centeno lidera hoje a primeira reunião do Eurogrupo
    1:56
  • Eleição de Rio "embaraça" PCP e BE
    0:34

    Opinião

    Luís Marques Mendes considera que a eleição de Rui Rio veio criar embaraço ao PCP e Bloco de Esquerda. O comentador da SIC considera que a promessa de que venha a haver pactos de regime entre PS e PSD é motivo de preocupação para os parceiros do Governo.

  • Quem são os arguidos da operação Fizz
    2:29

    País

    É já considerado o julgamento do ano da justiça portuguesa e o caso que está a abalar as relações entre Portugal e Angola. O processo da operação Fizz tem quatro arguidos, mas um deles, já é certo, não irá sentar-se esta segunda-feira no banco dos réus.

  • Que shutdown é este que paralisou os EUA?
    2:27
  • Casal que mantinha filhos acorrentados queria participar num reality show
    3:15
  • Quase 100 atletas testemunharam contra médico Larry Nassar
    1:38

    Desporto

    Quase 100 atletas e antigas ginastas da seleção dos Estados Unidos da América confrontaram esta semana, em tribunal, o médico Larry Nassar, acusado de assédio sexual. Em dezembro, o clínico foi condenado a 60 anos de prisão por um tribunal do Michigan, por posse de pornografia infantil.