sicnot

Perfil

País

CDS e PSD lamentam ausência de Centeno no debate na AR

Os grupos parlamentares do CDS e do PSD criticaram esta quinta-feira que o ministro das Finanças, Mário Centeno, tenha delegado no secretário de Estado Mourinho Félix a participação no debate sobre a CGD na comissão permanente da Assembleia da República.

Primeiro foi o deputado do CDS Nuno Magalhães a puxar o assunto, logo no arranque do debate sobre o banco público, tendo depois Luís Montenegro, deputado do PSD, corroborado a posição manifestada pelo deputado centrista.

Pedro Nuno Santos, secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, respondeu em nome do Governo, sublinhando que o que foi solicitado pelo CDS foi a presença do Governo neste debate, e não do ministro, e que tal nunca foi acordado.

"Não foi isso que transmiti na conferência de líderes, nem foi isso que o CDS solicitou. O CDS pediu a presença do Governo. Não há figuras menores no Governo. O Governo decidiu que quem representaria o Governo era o secretário de Estado do Tesouro e das Finanças", destacou.

E acrescentou: "Quem define quem fala pelo Governo, é o Governo".

Lusa

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.