sicnot

Perfil

País

Continuam hospitalizados três militares do curso de Comandos

Três militares do curso de Comandos continuam hospitalizados, estando um deles com prognóstico reservado e os outros dois estáveis, informou esta sexta-feira o Exército.

Numa nota de atualização da situação clínica dos militares do 127.º curso de Comandos, o Exército adianta que o soldado Dylan Araújo da Silva continua internado no Hospital Curry Cabral, em Lisboa, mantendo comprometimento da função hepática e com prognóstico reservado.

Na sequência de um treino dos Comandos, um militar morreu devido a "um golpe de calor" e diversos outros receberam assistência hospitalar, estando ainda internados três militares: no Curry Cabral e dois na Unidade de Tratamentos Intensivos do Hospital das Forças Armadas.

Depois destes incidentes, o ministro da Defesa Nacional, Azeredo Lopes, anunciou a suspensão dos próximos cursos de Comandos do Exército até ao final do inquérito à morte do militar Hugo Abreu.

Na nota, o Exército refere que permanecem hospitalizados dois militares na Unidade de Tratamentos Intensivos, que se mantêm estáveis, sem agravamento clínico e analítico.

O Exército indica ainda que, nas últimas 24 horas, não houve qualquer internamento e dois militares que estavam internados no Hospital das Forças Armadas receberam alta.

Os incidentes ocorreram ambos na região de Alcochete, no distrito de Setúbal, embora em locais diferentes.

O chefe do Estado-Maior do Exército ordenou um inquérito para apurar as causas em que o "trágico acontecimento ocorreu", tendo a Polícia Judiciária militar tomado conta da ocorrência.

A Procuradoria-Geral da República confirmou à Lusa a existência de um inquérito sobre a morte do militar, "o qual corre termos no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa".

Lusa

  • Ronaldo terá colocado milhões de euros nas Ilhas Virgens britânicas
    4:15

    Desporto

    José Mourinho e Cristiano Ronaldo são apenas dois dos nomes da maior fuga de informação na história do desporto. A plataforma informática Football Leaks forneceu milhões de documentos à revista alemã Der Spiegel, entre os quais documentos que indicam que o capitão da seleção nacional terá colocado milhões de euros da publicidade nas Ilhas Virgens britânicas. Os dados foram analisados por um consórcio de 60 jornalistas, do qual o Expresso faz parte, numa investigação que pode ler este sábado no semanário.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.