sicnot

Perfil

País

Diplomata da União Europeia na Tunísia esfaqueado em Lisboa pelo filho

Um diplomata da Delegação da União Europeia (UE) na Tunísia foi esfaqueado pelo filho, este sábado, em Lisboa, tendo sido internado no Hospital de São José, onde permanece, confirmou este domingo à agência Lusa fonte da PSP.

A notícia foi avançada este domingo à tarde pela Correio da Manhã TV, e confirmada pela PSP à Lusa, que disse que o homem, de 53 anos, terá sido esfaqueado pelo filho, de 23 anos, na rua Maria da Fonte, junto ao mercado do Forno do Tijolo, na freguesia de Arroios, em Lisboa.

O filho, que estuda na capital portuguesa, foi detido e será ouvido em tribunal, na segunda-feira de manhã, para serem definidas medidas de coação, disse a fonte policial.

A mesma fonte indicou que o representante da UE está internado no Hospital de São José.

A Lusa contactou o hospital, mas fonte oficial remeteu para segunda-feira a possível prestação de informações.

Lusa

  • À redescoberta da Madeira, 16 anos depois
    1:59
  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32

    País

    Há cada vez mais homens e idosos a pedirem ajuda à Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. Segundo o relatório anual da APAV conhecido esta segunda-feira, foram identificadas quase 10 mil vítimas de violência no ano passado. Cerca de 80% são mulheres casadas e com cerca de 50 anos.