sicnot

Perfil

País

Suspeito de matar o filho em Queluz ficou em prisão preventiva

O homem de 81 anos suspeito de matar o filho com um utensílio de cozinha, no sábado passado, em Queluz, ficou em prisão preventiva por decisão do Tribunal de Sintra, informou esta segunda-feira fonte da PSP de Lisboa.

Segundo adiantou à Lusa uma fonte oficial do Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis) da PSP, o octogenário terá atingido o filho, de 42 anos, "com um machado de cozinha", na sequência de um desentendimento familiar.

A vítima, que testemunhos alegam que estaria alcoolizada, foi atingida com o utensílio de cozinha na residência do pai, que após a agressão ao filho pediu a uma vizinha para alertar as autoridades, acrescentou a fonte policial.

O crime ocorreu pelas 10:50 de sábado e os agentes da PSP, quando chegaram ao local, verificaram que a vítima já se encontrava cadáver, detendo o suspeito para interrogatório.

A Polícia Judiciária (PJ) foi chamada ao local, mas a PSP prosseguiu com a investigação para tentar determinar o que motivou o desentendimento familiar que levou ao homicídio.

O suspeito foi hoje, durante a tarde, presente a primeiro interrogatório judicial, no Tribunal da Comarca da Grande Lisboa Noroeste, em Sintra, e ficou sujeito à medida de coação de prisão preventiva, enquanto aguarda pelo desenrolar do processo, confirmou o oficial de serviço ao Cometlis.

Lusa

  • Homem de 82 anos mata o filho em Queluz
    1:05

    País

    Um homem de 42 anos foi morto este sábado de manhã em Queluz. O pai da vitima, com 82 anos, foi detido sem resistência e acabou por confessar o crime. A Polícia Judiciária está a investigar o caso. A vítima deixa dois filhos com dois e cinco anos de idade.

  • Dois jovens atropelados mortalmente no concelho de Montemor-o-Velho
    2:20
  • Presidente de "O Sonho" suspeito de peculato e fraude
    2:26

    País

    O presidente das três instituições de solidariedade social de Setúbal - incluindo "O Sonho" -, que na sexta-feira foram alvo de buscas, foi constituído arguido. Florival Cardoso é, por enquanto, o único suspeito de peculato e fraude na obtenção de subsídios para as instituições.

  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de armas da PSP, três recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avançou este sábado que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07