sicnot

Perfil

País

Bilhetes dos transportes de Lisboa podem vir a ser comprados pelo telemóvel

A Transportes de Lisboa, que engloba o Metropolitano, a Carris e a Transtejo, vai lançar, "muito brevemente", um projeto-piloto para a compra de títulos de viagem através de um sistema instalado no telemóvel, anunciou esta terça-feira o presidente da empresa.

"Estamos a trabalhar numa desmaterialização [...], numa ótica de complementaridade, da forma de pagar as viagens, que não seja através de um cartão virtual, como é o caso do Lisboa Viva, mas para passar a ser também através de um sistema que está no nosso telemóvel", revelou Tiago Farias.

Falando na conferência "Mobilidade Sustentável em Lisboa", que decorre na reitoria da Universidade de Lisboa, o administrador do Metropolitano, da rodoviária Carris e da Transtejo indicou que serão lançados "muito brevemente" os "primeiros projetos-piloto".

"Tudo tecnologia portuguesa", frisou Tiago Farias.

Fazendo um ponto de situação sobre a atividade da empresa Transportes de Lisboa, o responsável referiu que se está a "inverter um processo que estava mais orientado para a sustentabilidade financeira".

"Estamos concentrados naquilo que consideramos que é o maior desafio que a Carris, o Metro e a Transtejo têm, que é melhorar e recuperar a qualidade do serviço que oferecem aos seus utilizadores, mas estamos, em paralelo, a fazer parte da visão estratégica da cidade de Lisboa", precisou Tiago Farias.

Nesse âmbito, o representante apontou que será lançado, "em outubro", um sistema de 'wi-fi' para os transportes da cidade.

"Está tudo bem encaminhado para tal", observou.

Ao mesmo tempo, "estamos a trabalhar em sensores que permitam reduzir a fraude que existe muito nos sistemas abertos, como é o caso dos autocarros, [...] e muito brevemente vamos fazer uma apresentação".

A empresa está ainda a "preparar uma candidatura muito grande" com vista à obtenção de fundos comunitários para a aquisição de autocarros com "energia mais limpa", adiantou.

O objetivo é conseguir uma "renovação em grande escala da frota", salientou Tiago Farias.

Todas estas medidas fazem parte de uma visão da empresa para "construir o futuro", adiantou o administrador, reconhecendo, contudo, que este é um "processo que demora tempo".

"Não se compram autocarros num mês, não se constrói uma linha ferroviária num ano, nem sequer se montam sistemas de 'bike sharing' em três semanas", exemplificou.

Lusa

  • Ambiente e direitos humanos dominam discurso de Costa na ONU
    2:03

    Mundo

    António Costa defendeu uma diplomacia pela paz. O primeiro-ministro português saiu em defesa da língua portuguesa e da presença do Brasil e da Índia no Conselho de Segurança das Nações Unidas. No discurso na Assembleia Geral da ONU, Costa salientou também o compromisso do país em relação ao multilateralismo e às questões ambientais.

  • "Atrás das Câmaras" em Fátima
    2:48
  • "Só tive tempo de avisar o meu sogro e o meu marido e disse: corram!"
    2:17
  • Furacão Maria volta a ganhar força

    Mundo

    Apesar de ter perdido intensidade, após a passagem por Porto Rico, onde deixou um rasto de destruição, Maria voltou a ganhar força, é agora um furacão de categoria 3. Está a afetar a zona norte de Punta Cana, na República Dominicana com ventos que atingem os 90 km/há e move-se para o noroeste.

  • Drone inglês evita execução do Daesh na Síria
    2:08

    Mundo

    A Força Aérea britânica divulgou esta terça-feira um vídeo que mostra um drone a parar uma execução pública que estaria prestes a acontecer às mãos do Daesh, na Síria. As imagens, apesar de cortadas pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, mostram várias pessoas na rua, uma explosão e, depois, a fuga.

  • Como fazer negócios no mercado dos leilões
    7:15
  • "Não toleramos ameaças de ninguém"
    2:13
  • Número de tartarugas marinhas está a aumentar

    Mundo

    O número de tartarugas marinhas está a crescer, levando investigadores a considerar que os esforços para salvar estes animais são uma "história de sucesso da conservação global", indica um estudo divulgado esta quarta-feira.

  • Tubarões vivem mais tempo do que se pensava

    Mundo

    Uma revisão de dados sobre avaliação da idade dos tubarões revela que muitas espécies têm maior longevidade do que se pensava, o que poderá obrigar a uma revisão dos planos de conservação das mais ameaçadas.

  • Como mudar um templo com 135 anos e 2 mil toneladas... de lugar

    Mundo

    Um templo budista do século XIX é um dos mais populares em Xangai, na China. Visitado diariamente por milhares de pessoas, precisava de ser relocalizado para evitar que uma tragédia acontecesse. E mesmo pesando cerca de duas mil toneladas, a missão acabou por se provar possível.