sicnot

Perfil

País

Universidade Nova de Lisboa entre as 50 melhores do mundo

A Universidade Nova de Lisboa subiu quatro lugares no "ranking" QS Top 50, que hierarquiza as 50 melhores universidades do mundo com menos de 50 anos, e é a única instituição portuguesa na lista, anunciou esta terça-feira a instituição.

A Nova ocupa a 41.ª posição, depois de no ano passado ter descido para a 45.ª, uma queda em relação a 2014, quando ocupou o 36.º lugar.

É o quarto ano consecutivo em que a universidade repete a presença na lista, elaborada a partir do chamado QS University Rankings, que usa indicadores como o número de citações obtidas pelas publicações científicas, o rácio professor-aluno ou o número de estudantes e docentes estrangeiros, diz-se no comunicado.

No comunicado a Nova salienta que lidera a nível nacional nos critérios de internacionalização do corpo docente e de alunos, no rácio professor-aluno e na reputação junto dos empregadores.

António Rendas, reitor da Universidade, citado no documento frisa a "capacidade acrescida (da instituição) para produzir investigação relevante, proporcionar um ensino de qualidade internacional e obter reconhecimento junto da comunidade académica".

Lusa

  • Feira de emprego em Lisboa conta com 73 empresas
    2:26

    Economia

    São mais de 1500 oportunidades de trabalho disponíveis para os alunos da Universidade Nova de Lisboa. É a oferta de 70 empresas nacionais e estrangeiras que hoje estão presentes na feira de emprego da Nova School of Business and Economics. O evento decorre durante todo o dia e conta com a participação de 73 empresas nacionais e internacionais, sendo esta a maior adesão de sempre.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.