sicnot

Perfil

País

Portugal recebe pela primeira vez prova de Ironman 70.3 em setembro de 2017

© Reuters

Portugal vai acolher pela primeira vez uma prova do circuito mundial Ironman 70.3, em Cascais, a 3 de setembro de 2017, anunciou a organização.

O município cascalense vai acolher uma das 22 provas do circuito de 'meio homem de ferro' a disputar em território europeu, levando os atletas a percorrer um percurso de 1,9 quilómetros de natação, em frente à Fortaleza, 90,1 de bicicleta pela estrada Marginal, e 21,1 de corrida, entre Sintra e Guincho.

"Estamos entusiasmados por poder oferecer aos nossos atletas um evento Ironman 70.3 em Portugal. Esta localização maravilhosa dispõe de todo os ingredientes para uma prova memorável", considerou o diretor da Ironman Europa, Médio Oriente e África, Hans-Peter Zurbruegg, numa nota escrita divulgada esta quarta-feira no Centro Cultural de Cascais.

As inscrições só abrem no próximo dia 9 de outubro, mas são esperados milhares de atletas no Ironman 70.3 Cascais Portugal, que vai oferecer um prémio monetário de 13.500 euros, assim como 50 vagas nos grupos de idade para o Mundial de 2018.

Para Jorge Paulo Pereira, diretor da 3IronSports, organizador do evento em Cascais, a prova representa "o início de uma nova era do triatlo em Portugal".

"Fico realmente emocionado por termos finalmente conseguido trazer a prova para Portugal e aqui para Cascais. É um sonho tornado realidade", afirmou.

De acordo com o presidente da Câmara Municipal de Cascais, Carlos Carreiras, a prova permite colocar o concelho "como um dos grandes destinos da modalidade e que traz triatletas de todo o mundo para treinar todo o ano", sendo também uma forma de promover "o mar, sol, boa gastronomia, equipamentos hoteleiros e outras infraestruturas".

A marca Ironman foi criada em 1978 tendo, desde então, crescido a uma escala global, contando-se 260 eventos em 42 países.

Também hoje, em conferência de imprensa, foi feita a antevisão da segunda edição do Cascais Triathlon, etapa do Nacional do triatlo de longa distância, que vai contar com 1.200 atletas, sendo que 20% das inscrições são estrangeiras, a maioria espanhóis, seguidos de franceses, ingleses e alemães.

Bruno Pais, do Estoril-Praia, sete vezes campeão nacional absoluto de triatlo e vencedor da primeira edição do Cascais Long Distance Triathlon, Katarina Larsson, do Sporting e campeã europeia de triatlo de grupo de idade, e Vanessa Pereira, a primeira portuguesa a participar no Mundial de Ironman, no Havai, e penta campeã nacional de triatlo longo, estão entre os participantes nesta prova.

O Cascais Triathlon decorre durante o fim de semana, sendo que a competição principal vai inicia às 08:00 de domingo, nas distâncias de 1,9 quilómetros de natação, 90 de bicicleta e 21,1 de corrida.

Antes, no sábado, a partir das 09:00, vai ser disputada a prova da Taça de Portugal (750 metros de natação, 20 quilómetros de bicicleta e cinco de corrida).

O presidente da Federação de Triatlo de Portugal, Fernando Feijão, mostrou-se convicto de que esta edição será novamente um sucesso.

"O triatlo tem vindo a crescer todos os anos e esperamos que em poucos anos se torna uma das modalidades desportivas de referência no país", acrescentou.

Lusa

  • Mais de 50 milhões de italianos decidem futuro do país
    1:43

    Mundo

    Este domingo, está nas mãos de mais de 50 milhões de eleitores italianos o futuro do país. Mais do que um voto à reforma constitucional, o referendo terá consequências políticas diretas no Governo italiano. As urnas fecham às 23h00, 22h00 em Lisboa. Os primeiros resultados são esperados meia hora depois.