sicnot

Perfil

País

PJ detém suspeita de tráfico humano em Setúbal

A Polícia Judiciária de Setúbal anunciou esta quarta-feira a detenção de uma mulher, de 40 anos, suspeita da prática dos crimes de "sequestro, escravidão e tráfico de pessoas".

Segundo um comunicado da PJ, a detenção da mulher ocorreu na sequência de uma investigação que já tinha levado à detenção de outros três coarguidos no passado mês de julho.

De acordo com a PJ, desde há três anos que os detidos abordavam potenciais vítimas, indigentes e sem-abrigo da cidade de Setúbal, usando da força física ou aliciando-as com falsas promessas de trabalho, alimentação e habitação.

As vítimas eram depois transportadas para residências dos arguidos, em Setúbal, ou para a zona da Lourinhã, onde eram obrigadas a efetuar diversas tarefas sem qualquer remuneração, além de serem agredidas fisicamente e ameaçadas de morte caso tentassem fugir ou recusassem trabalhar.

As pessoas escravizadas eram permanentemente vigiadas e estavam impossibilitadas de contactar com alguém que as pudesse ajudar.

A mulher agora detida deverá ser hoje presente às autoridades judiciárias para aplicação das medidas de coação.

Lusa

  • "De hoje em diante, só a América virá em primeiro lugar"
    3:20
  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39

    Mundo

    As primeiras decisões da era Trump não tardaram. O 45.º Presidente dos Estados Unidos da América já avançou com algumas medidas, entre elas, a confirmação dos nomes que vão compor a nova administração e a criação do Dia do Patriotismo.

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.