sicnot

Perfil

País

PR vai condecorar Aristides de Sousa Mendes com Grã-Cruz da Ordem da Liberdade

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, anunciou esta quinta-feira em Nova Iorque que vai condecorar a título póstumo o cônsul português Aristides de Sousa Mendes com a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade.

O chefe de Estado fez este anúncio durante uma visita ao Centro para a História Judaica de Nova Iorque, onde se encontrou com uma dezena de pessoas, já idosas, que Aristides de Sousa Mendes salvou do regime nazi e viu uma exposição sobre o cônsul português.

Durante a II Guerra Mundial, Aristides de Sousa Mendes salvou do regime nazi milhares de judeus e outros refugiados, emitindo vistos sem autorização do Ministério dos Negócios Estrangeiros português.

A Ordem da Liberdade "destina-se a distinguir serviços relevantes prestados em defesa dos valores da Civilização, em prol da dignificação da Pessoa Humana e à causa da Liberdade".

Aristides de Sousa Mendes já tinha sido condecorado, em 1986, com o grau de Oficial da Ordem da Liberdade, mas Marcelo Rebelo de Sousa considerou que, com aquilo que hoje se sabe, se justifica atribuir-lhe uma condecoração superior da mesma ordem.

"Hoje sabemos que lhe devemos ainda mais do que sabíamos até agora", afirmou o Presidente da República.

Lusa

  • Cálculo do IMI da casa de férias de Cavaco terá sido feito com dados errados
  • Dezassete mortes na época balnear, oito em praias vigiadas

    País

    Dezassete pessoas morreram entre 1 de maio a 30 de setembro, em Portugal, em acidentes relacionados com a prática balnear, que exigiu 605 intervenções de nadadores salvadores, em praias concessionadas, segundo informação hoje divulgada pela Autoridade Marítima Nacional.

  • Serra da Estrela candidata a Geoparque da UNESCO
  • Coleção Miró fica de forma permanente em Serralves