sicnot

Perfil

País

Cancro do intestino mata 11 portugueses por dia

Cancro do intestino mata 11 portugueses por dia

O cancro do sistema digestivo é o mais frequente em Portugal. Por ano são diagnosticados 13 mil casos e 4 mil acabam por ser fatais. Os especialistas lembram que a prevenção e o diagnóstico o mais cedo possível são essenciais.

  • Dia Nacional do Cancro Digestivo
    4:55

    Edição da Manhã

    O cancro digestivo abrange alguns dos tumores com maior incidência em Portugal, como o cancro do cólon, reto, estômago, fígado, pâncreas e ainda esófago. No dia em que se assinala o Dia Nacional do Cancro Digestivo, o oncologista, Nuno Bonito, esteve na Edição da Manhã.

  • Morrem 11 pessoas por dia devido ao cancro do cólon

    Mundo

    O presidente da Associação de Apoio ao Doente com Cancro Digestivo -- Europacolon considerou hoje "dramático" que, em 2016, morram onze pessoas por dia devido ao cancro do cólon, quando este número podia ser reduzido se fossem realizados rastreios.

  • 1400 Novos casos de cancro do pâncreas por ano em Portugal
    4:55

    Edição da Manhã

    O cancro do pâncreas é o tumor maligno do sistema digestivo com pior prognóstico, com uma sobrevivência global aos 5 anos de apenas 5%. Surgem todos os anos em Portugal cerca de 1400 novos casos da doença. A Sociedade Portuguesa de Gastroenterologia, hoje representada na Edição da Manhã por Miguel Bisto, alerta para a prevenção desta doença silenciosa.

  • Obama acredita que Guterres será um bom líder da ONU
    0:53

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar de perto com os Estados Unidos na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido esta sexta-feira por Barack Obama, na Casa Branca, onde foi elogiado pelo ainda Presidente.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.