sicnot

Perfil

País

Militar da GNR ferido está estável

ANTONIO COTRIM

O militar da GNR que ficou hoje ferido na sequência de uma troca de tiros no Porto Alto, em Benavente, está estável, disse à Lusa o oficial de Relações Públicas do Comando Territorial de Santarém, Pedro Reis.

Segundo a GNR, a troca de tiros aconteceu na sequência de uma perseguição iniciada pouco antes das 10:00 na ponte Vasco da Gama, na região de Lisboa, quando três homens que seguiam numa viatura desobedeceram a uma ordem de paragem.

A viatura acabou por se despistar no Porto Alto, no distrito de Santarém, e um dos homens saiu do carro empunhando uma arma e disparou em direção aos militares, ferindo um deles com três tiros (dois numa perna e um num braço), afirmou Pedro Reis.

Na resposta, o homem foi baleado, acabando por morrer no local.

De acordo com o oficial, que falava cerca das 14:00, a ordem de paragem, aleatória, decorreu num âmbito de uma ação de fiscalização rodoviária de rotina, havendo agora investigações para averiguar o que levou os homens a não pararem.

As autoridades estão a investigar se os três estariam armados - de momento há apenas a certeza em relação ao homem que fez os disparos contra os militares - e estão a identificá-los, adiantando apenas que têm idades entre os 20 e os 35 anos.

Só após essa diligência as famílias, que se juntaram próximo do perímetro de segurança, serão informadas sobre qual dos três perdeu a vida, adiantou.

Várias mulheres tentaram romper o perímetro de segurança, exigindo saber qual dos três homens, todos eles casados e com filhos, morreu.

Após o despiste, os outros dois homens que estavam no carro puseram-se em fuga, tendo sido um deles capturado durante uma batida desencadeada pelo dispositivo da GNR.

O outro barricou-se num café situado na zona - próximo do centro de saúde e de dois hipermercados -, que foi evacuada.

Chamados ao local, uma equipa de negociadores e o Grupo de Operações Especiais da GNR acabaram por entrar no café, cerca das 12:50, detendo o homem, depois de se assegurarem que não existiam outras pessoas no seu interior, adiantou.

Os dois detidos foram levados para um posto da GNR e a Polícia Judiciária está a realizar perícias no local.

Naquela zona do Porto Alto, onde o ambiente é de consternação, alguns populares referiram que o grupo teria participado num assalto, mas elementos da família asseguraram que os homens não pararam porque não possuíam carta de condução.

Pedro Reis adiantou que o militar ferido está internado no Hospital de Santarém e que o colega, que ficou emocionalmente afetado, está a ser acompanhado.

Lusa/

  • O que aconteceu à menina síria que relatava a guerra no Twitter?
    1:59
  • Youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Reportagem da SIC "Renegados"
    1:27

    Grande Reportagem SIC

    O youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Grande Reportagem SIC "Renegados". Desde ontem já teve 67 mil visualizações no Facebook. Imagine que ia renovar o cartão de cidadão e diziam-lhe que afinal não é português? Mesmo tendo nascido, crescido, estudado e trabalhado sempre em Portugal? Foi o que aconteceu a inúmeras pessoas que nasceram depois de 1981, quando a lei da nacionalidade foi alterada.«Renegados» é como se sentem estes filhos de uma pátria que os excluiu. Para ver, esta quarta-feira, no Jornal da Noite da SIC.