sicnot

Perfil

País

Temperaturas máximas acima dos 30 graus no feriado da República

As temperaturas máximas vão ultrapassar os 30 graus na generalidade do território na quarta-feira, aniversário da implantação da República, prevendo-se entre quinta e sexta-feira uma descida entre 5 a 7 graus Celsius, adiantou a meteorologista Cristina Simões.

"Para quarta-feira, vamos continuar com céu pouco nublado ou limpo, vento fraco a moderado e uma pequena subida das temperaturas, em especial da máxima, o que faz com que tenhamos temperaturas de 30 graus ou acima", disse à agência Lusa a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com Cristina Simões, no feriado comemorativo do aniversário da República prevê-se uma temperatura máxima de 31 graus em Lisboa, 33 em Setúbal e 27 em Évora e Beja.

"Esta situação vai mudar, prevendo-se uma descida das temperaturas na quinta-feira. E na sexta-feira desce ainda mais um pouco. Teremos descidas à volta de 05/07 graus nos dois dias", precisou.

Segundo a especialista, na quinta e sexta-feira prevê-se 25 graus em Lisboa e em Évora e 22 em Beja.

"No fim de semana, esta situação deverá manter-se sem quaisquer alterações", concluiu.

Lusa

  • Enfermeiros especialistas em saúde materna retomam protesto 

    País

    Os enfermeiros especialistas em saúde materna e obstetrícia voltam quinta-feira de manhã a interromper as funções especializadas, o que pode afetar blocos de parto e maternidades. Queixam-se de "falta de resposta política adequada" e "ausência de acordos sérios".

  • Reis de Espanha enviam mensagem para funeral das vítimas portuguesas
    0:52
  • Cristas vaiada em bairro de Chelas
    1:44

    Autárquicas 2017

    Assunção Cristas promete mudanças na Gebalis, a empresa municipal que gere os bairros sociais em Lisboa. Esta manhã, a candidata do CDS à câmara visitou um bairro de Chelas, onde foi vaiada por alguns populares.

  • Prestação da casa aumenta pela primeira vez desde 2014
    1:17

    Economia

    Pela primeira vez em três anos, as taxas de juro do crédito à habitação, estão a subir. A subida é de apenas 1 euro, mas é a primeira desde 2014, depois de em maio deste ano ter estabilizado e em junho ter descido. A justificação para este aumento é a evolução das taxas euribor.

  • "Em vez de ajudarem, estavam a tirar fotos dela a morrer"
    1:13