sicnot

Perfil

País

Sócrates "absolutamente emocionado" com recomendação de Guterres para líder da ONU

O antigo primeiro-ministro José Sócrates diz que assistiu "absolutamente emocionado", como todos os militantes do PS, à recomendação de António Guterres para secretário-geral das Nações Unidas.

"Para quem partilhou toda a vida política com António Guterres, isto foi um momento de grande felicidade", declarou sexta-feira à noite, à margem da conferência "Conversas da República", promovida pelo PS/Vila Nova de Famalicão.

Referindo que António Guterres não precisa de quem lhe venha "de novo" sublinhar as virtudes de uma inteligência e cultura política, porque já "todos" o fizeram, José Sócrates frisou ter ficado "muito contente" pelo facto de o Conselho de Segurança ter recomendado um político e não um alto funcionário para o cargo.

"Acho que isso é o melhor elogio que podiam ter feito à própria política internacional e ao próprio António Guterres", frisou.

O Conselho de Segurança das Nações Unidas escolheu na quinta-feira, por unanimidade e aclamação, António Guterres como secretário-geral da organização internacional, devendo agora a escolha ser ratificada pela Assembleia-Geral da organização, que se realiza na próxima quinta-feira.

O ex-primeiro-ministro português foi designado como o único candidato recomendado pelo Conselho de Segurança para ocupar o cargo a partir de 01 de janeiro de 2017, sucedendo ao sul-coreano Ban Ki-moon.

Lusa

  • Passos nega que resultado das autárquicas ponham em causa liderança do PSD
    7:46
  • PS e PSD trocam acusações sobre Tancos
    1:18
  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • Marcelo mergulha na baía de Luanda
    0:45
  • Marcelo garante que relações com Angola "estão vivas"
    1:50

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou esta segunda-feira as boas relações entre Portugal e Angola. À chegada a Luanda para a posse do novo Presidente angolano João Lourenço, o chefe de Estado português aproveitou para tomar um banho de mar.

  • Défice chegou aos 2.034 milhões em agosto
    1:51

    Economia

    O défice do Estado caiu 1.900 milhões de euros até agosto, em comparação com o ano passado. A recuperação da economia ajudou a baixar o défice, com mais receitas e impostos acima do esperado. Já a despesa pública ficou praticamente inalterada e os pagamentos do Estado em atraso subiram.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.