sicnot

Perfil

País

Dois mortos e três feridos graves em Aguiar da Beira

Em desenvolvimento

As buscas das autoridades para capturar os suspeitos do crime de Aguiar da Beira centram-se agora na zona de São Pedro do Sul. De acordo com as últimas informações, há mais um militar da GNR que foi ferido com gravidade durante uma troca de tiros durante a operação de caça ao homem. Este é um dos mais recentes desenvolvimentos relacionados com o crime de Aguiar da Beira. Há a registar a morte de um militar da GNR e ferimentos graves num outro, que está agora livre de perigo. Um civil foi também encontrado morto, acompanhado de uma mulher em estado grave. Tudo terá acontecido na sequência de um assalto.

Última atualização às 16:40

De acordo com a repórter da SIC no local, Patrícia Figueiredo, um dos suspeitos já foi detido perto da Guarda e outro está cercado na zona de São Pedro do Sul, para onde estão mobilizadas todas as forças da autoridade.

A GNR disse hoje que está a concentrar todos os esforços para tentar detetar e capturar os suspeitos do crime em Aguiar da Beira, tendo também sido alertadas as autoridades espanholas.

"Neste momento, a GNR dirigiu todos os esforços para detetar os suspeitos, estão todos os comandos limítrofes em ação, no apoio. A polícia espanhola está obrigatoriamente ao corrente dos acontecimentos, pois não podemos descartar a possibilidade de os suspeitos saírem do país", revelou o major Pedro Gonçalves.

Um militar da GNR de 24 anos foi hoje morto e um outro de 41 anos ficou ferido com gravidade, numa altura em que realizavam uma patrulha em Aguiar da Beira.

Segundo Pedro Gonçalves, os militares terão sido alvejados depois de terem confrontado os suspeitos.

"Viemos a aperceber que os suspeitos transportaram um militar para um local próximo, situado a cinco quilómetros. O outro militar ferido foi encontrado no primeiro local na zona industrial de Aguiar da Beira, localidade de Vila Chã", acrescentou.

A GNR só começou a suspeitar que algo se passava com os dois militares em patrulha porque a viatura em que seguiam esteve imóvel durante muito tempo e não conseguiram contactar os militares.

"Os militares não tiveram tempo de pedir ajuda, o que nos leva a pensar que foram surpreendidos. A GNR teve conhecimento que algo se estava a passar por volta das 5:00, 6:00 da manhã, mas a situação ocorreu antes disso: os nossos militares não utilizaram o nosso armamento", apontou.

Ainda durante a manhã, enquanto eram efetuadas buscas aéreas, a GNR detetou mais "duas vítimas civis com ferimentos de bala: um senhor que já não apresentava sinais vitais e uma senhora que ainda apresentava sinais de vida e que se encontrava num estado com gravidade".

"Haverá um elevado grau de probabilidade das duas situações estarem interligadas, já que estavam próximos da viatura que foi abandonada", admitiu.

Este casal, com idades na casa dos 40 a 50 anos, já está identificado.

Com Lusa

  • Detido um suspeito do crime de Aguiar da Beira
    3:06

    País

    Um dos suspeitos do crime de Aguiar da Beira foi detido perto da Guarda e outro está cercado na zona de São Pedro do Sul, para onde estão mobilizadas todas as forças da autoridade. Os pormenores dos acontecimentos ainda estão por esclarecer, mas sabe-se que tudo terá acontecido na sequência de um assalto. O balanço de vítimas é de dois mortos, um militar da GNR e um civil, e três feridos graves, dois militares da GNR e um civil. A repórter da SIC Patrícia Figueiredo tem estado a acompanhar o desenvolvimento das operações.

  • Caça ao homem estende-se à Guarda e Viseu
    2:43

    País

    Esta manhã em Aguiar da Beira um militar da GNR foi abatido a tiro e outro ferido com gravidade durante o que parece ter sido um assalto. Há ainda um civil morto e outro ferido mas não se sabe se têm ligação com o caso. Um dos suspeitos já foi identificado e as buscas alargaram-se aos distritos da Guarda e Viseu.

  • O que se passou em Aguiar da Beira, segundo a GNR
    3:39

    País

    O major Pedro Gonçalves fez um ponto de situação da investigação ao tiroteio em que um militar da GNR morreu e outro ficou ferido, em Aguiar da Beira. Foram entretanto encontrados um homem morto e uma mulher ferida, numa zona próxima.

  • 100 militares envolvidos na caça ao homem na Guarda
    1:19

    País

    As autoridades têm montada uma operação para deter os suspeitos que balearam fois militares da GNR em Aguiar da Beira. Ao telefone, o major Pedro Gonçalves, confirmou que a operação envolve 100 militares, decorre no distrito da Guarda e estende-se a todo o território nacional.

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.