sicnot

Perfil

País

Governo quer emagrecer currículos escolares

© Hannibal Hanschke / Reuters

Os programas escolares não vão mudar, mas o Ministério da Educação quer definir o que é essencial para os alunos aprenderem.

O Ministério da Educação decidiu "emagrecer" os currículos escolares para definir o que é essencial aos alunos aprenderem, começando pelo 1.º, 5.º e 7.º anos, noticia hoje o Diário de Notícias.

O objetivo é permitir uma melhor gestão do tempo e do trabalho na escola, afirma o jornal, que cita o secretário de Estado da Educação, João Costa.

A medida começa a ser aplicada a partir do próximo ano letivo, mas os programas não mudam.

O governo chamou as associações de professores para definir prioridades em cada área.

O ministério de Tiago Brandão Rodrigues havia já anunciado uma flexibilização dos programas para Matemática, no sentido de dar mais autonomia aos professores na gestão das matérias a lecionar, um desejo também manifestado pelos professores de Português.

A extensão dos programas e a falta de tempo para os cumprir e consolidar os conhecimentos dos alunos tem sido alvo de queixas frequentes por parte das associações dos professores.

A ideia agora, indica o DN, é focar o ensino de cada disciplina no mais importante para ganhar tempo.

"As primeiras propostas deverão chegar ao ministério no início de 2017", escreve o DN.

Trata-se de uma nova forma de gestão dos currículos, disse o secretário de Estado, que recusou comparar a medida às metas curriculares definidas pelo anterior governo (PSD-CDS/PP), que considerou extensas e inatingíveis em algumas disciplinas.

Em função do debate que se segue, a medida pode ser aplicada em algumas escolas ou generalizada já em 2017.

Mais tarde, será abrangido o ensino secundário.

  • Confrontos entre gangues rivais na prisão brasileira de Natal

    Mundo

    Dois gangues rivais entraram em confronto na Penitenciária de Alcaçuz, a mesma onde morreram 26 presos num motim esta semana, avança a agência France Press. O site da Globo refere que há um morto e sete feridos. O Exército já foi chamado a intervir.

    Em desenvolvimento

  • As crianças e o frio. O que vestir
    1:58

    País

    O médico Pedro Ribeiro da Silva, da Direção-Geral da Saúde, aconselha especial cuidado com as extremidades do corpo - usar luvas e gorros. E demasiado agasalhadas pode levá-as a transpirar mais e, consequentemente, desidratar.

  • Transportes públicos de Cascais vão ficar mais baratos
    2:32

    Economia

    Os transportes públicos de Cascais vão ficar mais baratos já a partir do próximo mês e a poupança nos passes combinados pode chegar até aos 12 euros por mês. Para além disso, foram criados 1280 lugares de estacionamento gratuito junto às estações da CP e Governo reafirma ainda que a linha será alvo de obras de melhoramentos este ano. Em 2016 passaram pela linha de Cascais 25 milhões de passageiros, mais 2,9% que no ano anterior.

  • Edíficio histórico de Teerão desmorona-se durante incêndio
    1:20
  • Cantora da Lambada encontrada morta carbonizada

    Cultura

    A cantora brasileira Loalwa Braz Vieira, ícone da Lambada do fim dos anos 80 e intérprete da música "Chorando se foi", foi encontrada morta num carro incendiado em Saquarema, Rio de Janeiro. A notícia é avançada pela Globo.