sicnot

Perfil

País

Proteção Civil alerta para chuvas fortes na Madeira domingo e segunda-feira

(Arquivo)

REUTERS

O Serviço Regional de Proteção Civil (SRPC) da Madeira alertou a população da ilha para a previsão da ocorrência de chuvas pontualmente fortes entre a madrugada de domingo e a tarde de segunda-feira.

"Associada à aproximação e passagem de um sistema depressionário, a norte do Arquipélago da Madeira, prevê-se a ocorrência de períodos de chuva moderada e aguaceiros pontualmente fortes, acompanhados de trovoada, entre a madrugada de domingo e o princípio da tarde de segunda-feira", alerta o SRPC.

O SRPC diz ainda que "no mesmo período, aproximadamente, o vento será predominantemente de oeste e de sudoeste, moderado (15 a 35 quilómetros por hora) nas regiões de menor altitude e forte (35 a 55 quilómetros por hora), nas regiões montanhosas e nas zonas mais expostas ao vento, com rajadas que poderão ultrapassar os 80 quilómetros por hora".

O serviço refere, ainda, que associado ao vento forte, "prevê-se que na costa sul da ilha da Madeira e em Porto Santo, a altura significativa das ondas possa chegar a valores da ordem de três metros entre o fim da manhã de domingo e a tarde de segunda-feira".

Face a estas condições atmosféricas adversas, o SRPC recomenda a população a estar atenta aos avisos e recomendações das autoridades competentes, mantendo-se informado do evoluir da situação.

Lusa

  • Escritor e filólogo Frederico Lourenço distinguido com o Prémio Pessoa 2016

    Cultura

    O escritor, tradutor, professor universitário Frederico Lourenço foi distinguido com o Prémio Pessoa 2016. O anúncio foi feito hoje pelo presidente do júri, Francisco Pinto Balsemão, no Palácio de Seteais, em Sintra, sublinhando que a atividade de Frederico Lourenço tem como "traço singular" ter oferecido "à língua portuguesa as grandes obras de literatura clássica".

  • Governo garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo de ajuda alimentar
    1:18

    País

    O ministro da Solidariedade e Segurança Social garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo europeu de ajuda alimentar. Vieira da Silva respondeu, esta manhã, à notícia avançada pelo Jornal de Notícias que dava conta de que, este ano, o país teria desperdiçado 28 milhões de euros de um fundo europeu porque o programa ainda não está operacional. O ministro garante que o programa vai ser executado em 2017 e que este ano serviu para tomar medidas no sentido dessa implementação. Vieira da Silva assegura também que o montante disponível para o programa não foi desperdiçado e vai poder ser usado.

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Explosão no Cairo faz seis mortos

    Mundo

    Seis pessoas morreram hoje numa explosão junto a um posto de controlo da polícia no Cairo, indicaram os meios de comunicação social e responsáveis egípcios.