sicnot

Perfil

País

Vítima mortal em incidente no Barreiro integrava grupo de sete assaltantes

A vítima mortal e o ferido grave no incidente que ocorreu cerca das 23:30 de sábado num hipermercado da Verderena, no Barreiro, integravam um grupo de sete assaltantes, cinco dos quais estão em fuga, informou fonte policial.


Segundo a comissária Maria do Céu, do Comando Distrital da PSP de Setúbal, a polícia foi alertada para a tentativa de assalto, mas foi recebida a tiro pelos assaltantes, que estavam encapuzados, com coletes à prova de bala e munidos de, pelo menos, uma metralhadora, uma `shotgun´ e uma pistola.

De acordo com a responsável da PSP, o assaltante ferido, inicialmente transportado para o hospital do Barreiro, foi, entretanto, transferido para um hospital de Lisboa.

A responsável da PSP adiantou ainda que além do ferido grave e da vítima mortal, há também dois polícias feridos, que terão sido atropelados, um deles por duas vezes, por uma viatura dos assaltantes.

Junto ao hipermercado está ainda um carrinho de compras com parte do dinheiro que terá sido roubado, bem como uma das viaturas utilizadas pelos assaltantes.

Lusa

  • Francês detido em Antuérpia "queria matar"

    Mundo

    O Presidente de França François Hollande afirmou que o francês detido esta quinta-feira por conduzir um automóvel a grande velocidade na principal rua pedonal de Antuérpia, na Bélgica, "queria matar" ou "provocar um acontecimento dramático".

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27
  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.