sicnot

Perfil

País

Entrega de refeições a idosos por drone testada em Penela

PAULO NOVAIS

O município de Penela, no distrito de Coimbra, testou esta terça-feira um projeto-piloto de entrega personalizada de refeições por drone a idosos em aldeias isoladas, no âmbito do apoio domiciliário prestado pela misericórdia local.

Em quatro minutos, um drone transportou a partir da vila de Penela a marmita com a refeição de um homem de 79 anos, que reside sozinho na pequena aldeia de Podentinhos, situada a cerca de três quilómetros, com parte do caminho em terra batida.

"É uma experiência piloto, em que o município se disponibilizou com a Santa Casa da Misericórdia para colaborar com a empresa que desenvolveu a tecnologia", explicou o presidente da autarquia, Luís Matias, que destacou o facto de o drone ter um conjunto de utilizações que não se limita ao transporte de bens alimentares.

Segundo o autarca, a iniciativa de hoje visou apenas testar a tecnologia e que há "um caminho que tem de ser feito, que não tem a ver com o serviço de apoio domiciliário, mas que pode servir para muitas outras situações, desde distribuição de medicamentos, prevenção e vigilância florestal e ordenamento do território".

Luís Matias considera que é importante "perceber que a tecnologia pode auxiliar os serviços prestados no território, sobretudo territórios de baixa densidade populacional, em que muitas vezes não é estimulada este género de dinâmicas".

Para o provedor da Misericórdia de Penela, Fernando Antunes, se "a tecnologia aprovar e os custos forem competitivos" é possível que, no futuro, a entrega de refeições, um dos pontos do serviço domiciliário, seja resolvido desta forma.

"O contacto humano com as pessoas, que é imprescindível, não está em causa, porque o serviço domiciliário abrange higiene pessoal, limpeza, habitação, animação, lavagem de roupa e o diálogo com a família", sublinhou.

Salientando que a instituição está aberta à inovação, Fernando Antunes frisou, no entanto, que "os drones não vão estar aí a servir refeições amanhã" e que existe "uma grande caminhada para fazer".

"Estamos a começar um caminho e há muito para caminhar, mas esta inovação nunca será para substituir o contacto humano, a relação humanizada com as pessoas, que é fundamental", disse o provedor.

Joaquim Reis, de 79 anos, nunca imaginou receber a refeição através de uma "máquina", mas considera a ideia boa, embora entenda que "é muita despesa para trazer comida a um homem só".

Segundo Eduardo Mendes, da empresa Connect Robotics, este tipo de serviço "é extremamente viável" e, atualmente, mostra-se "mais valioso em situações de áreas de difícil acesso, atravessando rios, entre ilhas e montes".

"Este projeto iniciou-se com várias outras ideias. Por exemplo, um problema grave são os incêndios, e o drone pode ser utilizado para estar a vigiar florestas e detetar fogos logo no início", referiu o empresário.

No caso de entrega de refeições, a empresa testou um equipamento específico para carregar muito peso e percorrer longas distâncias.

Lusa

  • Prisão preventiva para marroquino suspeito de apoiar o Daesh

    País

    O juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal impôs esta quinta-feira prisão preventiva ao cidadão marroquino, detido na Alemanha e entregue a Portugal, suspeito de adesão e apoio ao grupo extremista Daesh e recrutamento e financiamento ao terrorismo.

  • "A isto chama-se pura hipocrisia"
    1:13

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho classifica a atuação do Governo na gestão da Caixa Geral de Depósitos como um "manual de cinismo político insuportável", declarações feitas pelo líder do PSD durante a reunião do Conselho Nacional em Lisboa.

  • O momento em que Trump quis ser um camionista

    Mundo

    O Presidente norte-americano Donald Trump reuniu-se esta quinta-feira com representantes da indústria de camionagem. Não é apenas do encontro que lhe falamos, mas principalmente da invulgar receção feita por Trump, que entrou para um camião, fingiu que o conduzia e buzinou... em pleno jardim da Casa Branca.

  • FBI investiga possível campanha de espiões russos contra Hillary
    0:57

    Mundo

    A suspeita de ligação entre a equipa de Donald Trump e operacionais russos está a aumentar. A CNN diz que a equipa do Presidente do Estados Unidos da América se coordenou com os russos para atingir Hillary Clinton. O FBI está a investigar registos telefónicos, de viagens, relatórios e transações para offshores.

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27

    Mundo

    Estella Westrick tem apenas três anos, mas já conseguiu chegar aos jornais de todo o mundo, depois de "roubar" o chapéu do Papa. Durante uma visita da família na quarta-feira ao Vaticano, a criança - que não parece estar muito contente no vídeo - foi pegada ao colo por um dos funcionários do Vaticano, que a levou depois até ao Papa. Nesta altura, Estella aproveitou para tirar o solidéu episcopal, arrancando gargalhadas de toda a gente, especialmente do Papa Francisco.

  • O edifício mais longo do mundo

    Mundo

    Se pensa que já viu tudo em relação aos edifícios mais longos e complexos do mundo, pense duas vezes. O edifício mais longo do mundo pode estar prestes a chegar e promete fazer de Nova Iorque uma cidade ainda mais atrativa.