sicnot

Perfil

País

Nevoeiro em Lisboa obriga cinco aviões a divergir para Faro e provoca atrasos

© Rafael Marchante / Reuters

O nevoeiro matinal obrigou hoje cinco aviões a divergir para Faro e está a provocar atrasos no aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, confirmou a ANA - Aeroportos de Portugal à agência Lusa.


Segundo fonte oficial da gestora aeroportuária, há constrangimentos no aeroporto de Lisboa pela falta de visibilidade, mas não há voos cancelados.

Cinco aviões divergiram para o aeroporto de Faro e registam-se alguns atrasos nas partidas e nas chegadas, acrescentou a mesma fonte.

Relatvamente à greve dos trabalhadores do 'handling' (assistência em terra), a mesma fonte da ANA - Aeroportos de Portugal informou que "não está a ter impactos".

A ANA - Aeroportos de Portugal pede aos passageiros para chegarem com antecedência e de preferência com bagagem de porão.

Em comunicado, a gestora dos aeroportos portugueses advertiu na quinta-feira que "é previsível que o processamento de passageiros nos aeroportos nacionais venha a sofrer constrangimentos", devido às greves convocadas para os dias 24, 27, 28, 29 e 30 de dezembro, recomendando que "durante os dias abrangidos pelos pré-avisos de greve, se apresentem no aeroporto respetivo com a devida antecedência e sigam as instruções transmitidas pela sua companhia aérea".

Na mesma nota, a ANA sugere aos passageiros que privilegiem a utilização de bagagem de porão, reduzindo o transporte de bagagem de cabine, "facilitando assim o processo de controlo de segurança de pessoas e bens".

Lusa

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.