sicnot

Perfil

País

Marcelo Rebelo de Sousa e Passos Coelho almoçaram esta quinta-feira em Belém

ANT\303\223NIO PEDRO SANTOS

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, almoçaram esta quinta-feira no Palácio de Belém, a convite do chefe de Estado.

Marcelo Rebelo de Sousa recebeu Pedro Passos Coelho na sala de audiências do Palácio de Belém, às 13:00, momento que foi registado pela comunicação social.

Não houve, contudo, declarações aos jornalistas antes nem depois do almoço, que às 14:45 já tinha terminado, segundo fonte da Presidência da República.

Esta foi a segunda vez que o presidente do PSD esteve oficialmente a sós com o atual Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Passos Coelho tinha estado sozinho no Palácio de Belém em 21 de outubro, quando o chefe de Estado ouviu os partidos com assento parlamentar sobre o Orçamento do Estado para 2017 e a situação política.

Em 4 de abril, na sequência do Congresso do PSD, foi recebido pelo chefe de Estado, mas nessa ocasião trouxe consigo outros dirigentes sociais-democratas.

Entre 25 e 26 de julho, quando o Presidente da República recebeu os partidos para uma análise da situação política, o PSD compareceu com uma delegação que não incluía Passos Coelho, chefiada pela vice-presidente Sofia Galvão.

Segundo o gabinete de imprensa do PSD, nessa ocasião Passos Coelho não chefiou a delegação social-democrata por motivo de doença.

Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.