sicnot

Perfil

País

ASAE apreende 72 mil artigos contrafeitos de calçado desportivo no Tâmega e Sousa

Esta medida de protesto deve-se à situação sócio profissional dos trabalhadores da ASAE, com especial relevância para a ausência de um estatuto de carreira profissional. (Arquivo)

LUSA

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu em Amarante, Felgueiras e Lousada mais de 72.000 artigos contrafeitos de calçado desportivo, etiquetas e acessórios, foi esta sexta-feira anunciado.

Segundo um comunicado enviado à Lusa, a apreensão foi efetuada pela Unidade Nacional de Informações e Investigação Criminal e decorreu de nove mandados de busca em residências e fábricas daqueles concelhos.

Além dos artigos contrafeitos, a ASAE apreendeu 18 máquinas industriais e vários equipamentos informáticos, no valor global aproximado de 98.000 euros.

Os agentes constataram, "em flagrante delito, a produção de calçado desportivo contrafeito, tendo sido apreendidas todas as matérias-primas utilizadas, cunhos das marcas falsificados, moldes, máquinas industriais e o produto acabado, que já se encontrava devidamente acondicionado para venda"

Uma das unidades fabris procedia à impressão e estampagem de etiquetas.

"As fábricas situavam-se em imóveis residenciais e estavam totalmente ilegais, não possuindo qualquer tipo de licenciamento, pelo que integravam um evidente mercado paralelo", assinala-se no comunicado.

Lusa

  • Younes Abouyaaqoub, o homem mais procurado de Espanha
    1:53
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Costa desafia PSD para pacto depois das autárquicas
    1:14
  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22