sicnot

Perfil

País

ASAE apreende 72 mil artigos contrafeitos de calçado desportivo no Tâmega e Sousa

Esta medida de protesto deve-se à situação sócio profissional dos trabalhadores da ASAE, com especial relevância para a ausência de um estatuto de carreira profissional. (Arquivo)

LUSA

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu em Amarante, Felgueiras e Lousada mais de 72.000 artigos contrafeitos de calçado desportivo, etiquetas e acessórios, foi esta sexta-feira anunciado.

Segundo um comunicado enviado à Lusa, a apreensão foi efetuada pela Unidade Nacional de Informações e Investigação Criminal e decorreu de nove mandados de busca em residências e fábricas daqueles concelhos.

Além dos artigos contrafeitos, a ASAE apreendeu 18 máquinas industriais e vários equipamentos informáticos, no valor global aproximado de 98.000 euros.

Os agentes constataram, "em flagrante delito, a produção de calçado desportivo contrafeito, tendo sido apreendidas todas as matérias-primas utilizadas, cunhos das marcas falsificados, moldes, máquinas industriais e o produto acabado, que já se encontrava devidamente acondicionado para venda"

Uma das unidades fabris procedia à impressão e estampagem de etiquetas.

"As fábricas situavam-se em imóveis residenciais e estavam totalmente ilegais, não possuindo qualquer tipo de licenciamento, pelo que integravam um evidente mercado paralelo", assinala-se no comunicado.

Lusa

  • O fim do julgamento do caso BPN, seis anos depois
    2:26

    País

    O antigo presidente do BPN José Oliveira Costa tentou adiar o fim do julgamento principal do caso com um recurso para o Tribunal Constitucional. Apesar disso, a leitura do acórdão continua marcada para esta quarta-feira, quase seis anos e meio depois de os 15 arguidos se terem sentado pela primeira vez no banco dos réus.

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • Saída do Procedimento por Défice Excessivo marca debate no Parlamento
    1:40
  • Filhos tentam anular casamento de pai de 101 anos

    País

    O casamento de um homem de 101 anos com uma mulher com metade da idade, em Bragança, está a ser contestado judicialmente pelos filhos do idoso, que acusam aquela que era empregada da família de querer ser herdeira.