sicnot

Perfil

País

As diferentes reações dos partidos à mensagem de Marcelo

As diferentes reações dos partidos à mensagem de Marcelo

Nas reacções à mensagem do Presidente, a oposição insiste que o ano que passou ficou aquém dos resultados esperados. Já os partidos que apoiam o Governo lembram que no próximo ano a questão da dívida vai ter de ser pensada. Já o PS destaca a necessidade de continuar o rumo das políticas.

  • As diferenças na mensagem de Ano Novo entre Marcelo e Cavaco
    2:59

    País

    Há diferenças óbvias na forma, mas há semelhanças no conteúdo. Esta foi a primeira mensagem de Ano Novo de Marcelo Rebelo de Sousa como Presidente da República. Ao longo dos últimos dez anos, foram vários os momentos em que Cavaco Silva usou esta comunicação ao país para anunciar decisões e deixar avisos. 

  • Marcelo exige que Governo se preocupe com a "gestão a prazo"
    1:41

    Economia

    Marcelo Rebelo de Sousa fez um balanço positivo de 2016, mas quer que este ano seja um ano de crescimento económico sustentado. Na mensagem de Ano Novo, o Presidente exigiu ao Governo que depois da "gestão do imediato" se preocupe com a gestão a prazo, e para isso é preciso pôr o país a crescer.

  • Partidos reagem à mensagem de Marcelo Rebelo de Sousa
    1:51

    País

    Nas reações à mensagem do Presidente da República, o Bloco de Esquerda diz que Marcelo está a colocar na agenda a necessidade de discutir a questão da dívida, tema também sublinhado pelo PCP. Já o PS, considera que o discurso de Marcelo aponta no caminho da continuidade das políticas executadas 2016.

  • Marcelo lembra como foi tratada a tragédia durante a ditadura
    2:25

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Marcelo Rebelo de Sousa não quis comentar diretamente a polémica em torno da lista das vítimas mortais de Pedrógão Grande, mas recorreu às cheias de 1967 para lembrar como as tragédias eram tratadas no tempo da ditadura. O Presidente da República defendeu que não é possível esconder a dimensão de uma tragédia num regime democrático. Há 50 anos, Marcelo Rebelo de Sousa acompanhou de perto a forma como o regime tentou esconder a verdadeira dimensão do incidente.

  • Ministra admite falhas no SIRESP no presente e no passado
    2:35

    País

    A ministra da Administração Interna admitiu, esta quinta-feira, que o SIRESP falha no presente tal como já falhou no passado, quando a tutela pertencia ao Governo PSD. Os sociais-democratas quiserem ouvir Constança Urbano de Sousa na comissão parlamentar mas desta vez a ministra defendeu-se com um ataque. 

  • "Comecei por ajudar uma família que me pediu um plástico para se proteger"
    4:51
  • Míssil lançado do Iémen intercetado perto de Meca

    Mundo

    Um míssil balístico lançado pelos rebeldes xiitas do Iémen foi intercetado, quinta-feira à noite, perto de Meca, na Arábia Saudita, a um mês da peregrinação muçulmana anual do hajj, anunciou a coligação árabe que intervém no Iémen.