sicnot

Perfil

País

Julgamento de Pereira Cristóvão adiado

Paulo Pereira Cristovão (Arquivo)

Lusa

As alegações finais do julgamento de Paulo Pereira Cristóvão foram adiadas até que o Supremo Tribunal de Justiça se pronuncie se o Tribunal Central de Instrução Criminal tinha ou não competência para instruir o processo em que o ex-vice-presidente do Sporting está acusado de ser o mentor de uma vaga de assaltos em Lisboa e na margem sul.

Durante o julgamento, três arguidos admitiram que foram contratados por Pereira Cristóvão para fazer cobranças difíceis.

O ex-dirigente desportivo e antigo inspetor da Judiciária tem pendente no Supremo um recurso em que contesta a competencia do tribunal que conduziu a fase de instrução.

Se a decisão, que será conhecida a 1 de fevereiro, vier a ser favorável, o julgamento poderá ser anulado.

  • Colisão mortal no IC1 perto da Marateca
    1:51
  • Portugal e Espanha empatados em tudo... menos nos amarelos
    1:42
  • Fase de grupos é o "momento mais crítico", diz Fernando Santos
    0:21