sicnot

Perfil

País

Previsão de chuva até domingo, temperaturas a subir

© Rafael Marchante / Reuters

A chuva vai continuar a afetar Portugal continental pelo menos até domingo, mas as temperaturas mínimas e máximas vão subir, adiantou à agência Lusa a meteorologista Ângela Lourenço.

"Vamos continuar com chuva. Hoje a precipitação será muito fraca e limitada às regiões do litoral, norte e centro. Para amanhã (terça-feira), as precipitações vão ser mais intensas e em todo o território. Na quarta-feira, dia 01, vamos ter uma melhoria, mas depois nos dias 02 e 03 vamos ter novo agravamento com chuva forte", adiantou.

De acordo com a especialista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a semana vai ser pontuada por dias de chuva fraca e outros com precipitação forte e persistente.

"Vamos iniciar uma semana com precipitação fraca, mas até domingo vamos ter precipitação, sendo que será sempre mais significativa nas regiões do norte e centro", disse.

Ângela Lourenço chamou ainda a atenção para a possibilidade de vento mais intenso no litoral e nas terras altas, sendo que na quinta e na sexta-feira as rajadas podem ser mais intensas também noutros locais do território do continente.

"Em termos de temperaturas temos boas noticias. Esta situação de chuva traz-nos um ar marítimo mais quente e húmido que vem do Oceano Atlântico. Ou seja, vamos ter temperaturas amenas, nada parecido com as que tivemos em semana anteriores", disse.

De acordo com Ângela Lourenço as mínimas vão rondar os 10/12 graus Celsius e as máximas 16/17 graus.

"No interior e nas Serras os valores da mínima não são tão altos. Estamos a prever mínimas de 06 graus e máximas de 14", concluiu.

Lusa

  • Captura ilegal de cavalos-marinhos na Ria Formosa
    3:02

    País

    Há cada vez menos cavalos marinhos na Ria Formosa. Cientistas da Universidade do Algarve dizem que a maior população desta espécie no mundo, que é a que existe na Ria Formosa, está ameaçada devido à captura ilegal para o mercado asiático. Dizem que, se nada for feito para travar este fenómeno, esta espécie protegida pode desaparecer em poucos anos.