sicnot

Perfil

País

Açores enfrentam hoje tempestade que chegará ao continente na quinta-feira

Rui Caria

Os Açores enfrentam a partir de hoje uma forte agitação marítima, com ondas até 20 metros de altura e sete ilhas do arquipélago em aviso vermelho (o mais grave), uma tempestade que também chegará ao continente.

De acordo com a Marinha portuguesa, as condições adversas no mar são comparáveis à tempestade "Hércules", que em 2014 provocou ondas de grande dimensão que atingiram primeiro os Açores e, posteriormente, Portugal continental.

Segundo o Instituto do Mar e da Atmosfera (IPMA), o aviso vermelho emitido na terça-feira para os Açores vigora nas ilhas do grupo ocidental (Corvo e Flores), entre as 11:00 de hoje e as 02:00 de quinta-feira (mais uma hora em Lisboa).

Em aviso vermelho devido à agitação marítima estão também as ilhas do grupo central dos Açores (Faial, Pico, Terceira, São Jorge e Graciosa), entre as 17:00 de hoje e as 02:00 de quinta-feira, sendo que a altura máxima da onda pode chegar aos 18 metros.

As ilhas do Corvo e das Flores estão sob aviso laranja (o segundo mais grave) até às 11:00 de hoje, igualmente por causa da agitação marítima, e até às 20:00 por causa do vento forte.

A Marinha reforçará o seu dispositivo habitual para a resposta a situações de busca e salvamento no mar com a presença no grupo central da Região Autónoma dos Açores do navio patrulha oceânico.

A Proteção Civil regional já pediu à população para seguir as recomendações das autoridades, devido à previsão do agravamento do estado do tempo, designadamente com o com o reforço das amarrações das embarcações ou a sua colocação em local seguro.

A Atlânticoline, empresa pública de transporte marítimo de passageiros e viaturas nos Açores, cancelou durante o dia de hoje as ligações Faial-Pico-São Jorge devido ao agravamento do estado do tempo.

Quanto à Linha Azul, que liga Horta, na ilha do Faial, e Madalena, no Pico, será feita uma avaliação ao início da manhã de hoje, antes da primeira viagem do dia.
Mais de 1.500 civis e militares da Marinha Portuguesa e da Autoridade Marítima Nacional vão estar envolvidos na monitorização, prevenção e salvamento durante a tempestade que vai atingir a costa portuguesa.

Segundo a Marinha, "o olho do furacão" vai passar hoje nos Açores, chegando a tempestade ao continente entre quinta e sexta-feira, com vagas de oito metros, e à Madeira, com vagas de seis metros.

Com a previsão de chegada da tempestade hoje a Portugal continental, a Proteção Civil lançou na terça-feira um aviso à população, alertando para a possibilidade de cheias rápidas em meio urbano, inundações, estradas escorregadias e possível queda de árvores.

Na nota enviada à comunicação social, a Autoridade Nacional de Proteção Civil recomenda comportamentos e medidas preventivas, "em particular nas zonas historicamente mais vulneráveis", entre as quais a desobstrução de sistemas de escoamento de águas pluviais, não atravessar zonas inundadas, para evitar o arrastamento de pessoas e viaturas, uma condução defensiva, sobretudo em caso de neve ou formação de lençóis de água, e a fixação de estruturas soltas, como andaimes.

A Proteção Civil desaconselha ainda a circulação e permanência junto a zonas arborizadas, junto à zona costeira, e apela a que não se pratique qualquer atividade relacionada com o mar.

Com Lusa

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • O perfil dos novos ministros
    3:22

    País

    Pedro Siza Vieira e Eduardo Cabrita são os dois novos ministros que tomam posse no próximo sábado. Ambos têm uma particularidade: são amigos de longa data do primeiro-ministro António Costa.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • Fogos na Califórnia provocaram 42 mortos e perdas acima de mil milhões de dólares

    Mundo

    O comissário dos seguros da Califórnia afirmou esta quinta-feira que as perdas provocadas pelos incêndios que dizimaram extensas áreas deste Estado norte-americano excedem os mil milhões de dólares (844 milhões de euros). Estes incêndios, que começaram no condado de Sonoma County, já provocaram a morte a 42 pessoas no mês de outubro.

  • Quem está ao lado de Trump? Melania ou uma sósia?

    Mundo

    A especulação surgiu no Twitter: estaria Trump acompanhado de uma sósia de Melania para ocultar a ausência da mulher num evento oficial? A teoria da conspiração ganhou depois força nas redes sociais. Julgue por si mesmo.

    SIC

  • Norte-americano entrega-se após perder aposta com a polícia no Facebook

    Mundo

    Um jovem de 21 anos procurado pela polícia norte-americana entregou-se, esta segunda-feira, depois de perder uma aposta com a polícia, no Facebook. Michael Zaydel prometeu entregar-se se uma publicação sobre o seu desaparecimento chegasse às mil partilhas, na rede social. O jovem norte-americano prometeu ainda levar uma dúzia de donuts, caso os agentes da cidade de Redford conseguissem ganhar a aposta.

    SIC