sicnot

Perfil

País

Restrição de acessos a locais junto ao mar na zona oeste

Um helicóptero da Força Aérea Portuguesa durante as buscas após a queda ao mar de uma cidadã belga quando tirava fotografias no Cabo Carvoeiro (LUSA)

LUSA

A Autoridade Marítima decidiu esta quarta-feira interditar o acesso à marina e ao molho Leste em Peniche, a marginal da Foz do Arelho (Caldas da Rainha) e os passeios marítimos da Areia Branca (Lourinhã) e Santa Cruz (Torres Vedras).

Devido ao mau tempo previsto pela Meteorologia, com ondas alterosas, vento forte e chuva, entre quinta e sexta-feira, os molhes Leste (junto à praia dos Supertubos) e Oeste (junto à marina) em Peniche vão estar "restritos à circulação de pessoas ou viaturas", disse à agência Lusa o Capitão do Porto de Peniche, Marco Augusto.

Nas Caldas da Rainha, o passeio marítimo e a marginal da Foz do Arelho vão estar também fechados à circulação de pessoas e viaturas, assim como o acesso ao paredão da Praia da Areia Branca (Lourinhã).

Em função do estado do mar, a Autoridade Marítima pode vir ainda a restringir o acesso à ilha do Baleal, ao Cabo Carvoeiro e fechar a marginal norte, em Peniche, e o passeio marítimo de Santa Cruz (Torres Vedras).

Em comunicado, a Proteção Civil Municipal da Lourinhã informou hoje que decidiu também interditar o estacionamento da praia local de Porto Dinheiro a partir de quinta-feira.

Lusa

  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.