sicnot

Perfil

País

Desenhos com sonhos, medos e esperanças de meninos refugiados em Lisboa

Facebook Galeria Wozen

Sana Snizard tem medo dos helicópteros e das bombas, Roman quer a família reunida, Arsyan quer ser jogador de futebol. São os medos, sonhos e esperanças de crianças refugiadas desenhados e expostos em Lisboa. "Traços de uma infância" é o título da exposição, até dia 12 na Galeria Wozen, organizada pelo projeto Drawfugees e que consiste em desenhos de crianças refugiadas, com a foto do autor e a explicação do mesmo, feitos na Grécia, onde chegaram de países como a Síria, o Iraque e a Afeganistão.

O desenho era a melhor forma de comunicar quando as crianças tinham acabado de chegar, o desenho surgiu da relação com essas crianças, explicou à Lusa Sofia Perpétua, uma das responsáveis pela exposição.

Mas foi da cabeça de André Naddeo, um jornalista brasileiro, que tudo surgiu. Naddeo, como explicou à Lusa, fez o que chamou "jornalismo voluntário", primeiro durante 45 dias no porto de Pireu, na Grécia, onde no ano passado chegaram milhares de refugiados, e depois nas ruas de Atenas, por onde muitos outros refugiados se espalharam, ocupando lugares vagos, casas abandonadas ou vazias.

"Foi para mim a maneira mais justa de cobrir a maior crise humanitária depois da segunda guerra. A missão da Drawfugees passa por dar voz a essas crianças dando-lhe canetas e lápis para elas se expressarem", explicou.

Com essas crianças, com as suas famílias, acabou por criar uma relação de confiança. Todos os desenhos que expõe a partir de hoje em Lisboa, todas as fotografias, tiveram a anuência das famílias, com quem aliás, disse, mantém uma ligação.

Como a família de Sana Snizard, uma menina afegã de seis anos que desenhou um helicóptero norte-americano a bombardear-lhe a casa, ela triste a ter de deixar o país.

Roman Snizard, com 14 e hoje na Alemanha com o irmão mais velho, deseja ver chegar a irmã Sana e o resto da família, ainda no campo de refugiados de Eleonas, em Atenas.

"A minha terra era tão bonita, tínhamos tudo o que precisávamos", escreveu Roman, que desenhou também uma casa e hum helicóptero a largar bombas.

Aos meninos de Pireu não lhe foi pedido nada em relação ao desenho mas aos de Atenas Naddeo pediu um desenho sobre o que queriam ser no futuro.

E Naddeo aponta para Arsyan Siloo, um menino iraquiano de nove anos que quer ser jogador de futebol por causa de Cristiano Ronaldo. "Eu e o meu pai adoramos vê-lo jogar, é tão inspirador".

Arsyan é de origem yazidi, uma comunidade religiosa do norte do Iraque. A sua aldeia foi ocupada pelo grupo terrorista Estado Islâmico e com a família teve de fugir pelas montanhas ao norte de Sinjar, no Iraque. Viveu mais de um ano num campo de refugiados e está hoje com os pais e os três irmãos na Alemanha.

São ao todo mais de duas dezenas de desenhos, com histórias, como a de Aoumar Mazan, um menino sírio de nove anos a viver com a mãe e dois irmãos num campo de refugiados de Atenas e que quer ser motorista porque era esse o trabalho do seu pai.

Como o desenho de Argan, o menino afegão que não vai esquecer-se da viagem de barco da Turquia para a Grécia.A todos, os meninos e meninas, as histórias, as esperanças, os desejos e os medos, André Naddeo trouxe a Lisboa, até dia 12.

Lusa

  • Marcelo lembra as consequências da demissão de Vítor Gaspar
    1:06

    Caso CGD

    O Presidente da República reitera que o assunto Caixa Geral de Depósitos está fechado. Em entrevista à TVI, Marcelo Rebelo de Sousa lembrou esta segunda-feira as consequências que a demissão de Vítor Gaspar, ministro das Finanças em 2013, provocou no sistema financeiro para justificar o facto de ter intervindo na polémica com as SMS trocadas entre Mário Centeno e António Domingues.

  • PSD e CDS admitem chamar António Costa à nova Comissão de Inquérito à CGD
    2:37

    Caso CGD

    PSD e CDS admitem chamar o primeiro-ministro à nova Comissão de Inquérito à CGD. Apesar de ser uma hipótese, a SIC sabe que os dois partidos ainda estão a definir o objeto do inquérito e, por isso, afirmam que é prematuro falar sobre eventuais audições. Seja como for, António Costa voltou esta segunda-feira a dizer que o assunto está encerrado.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne, capital da Austrália. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Pelo menos 18 detidos em protestos no Rio de Janeiro

    Mundo

    Pelo menos 18 pessoas foram esta segunda-feira detidas no Rio de Janeiro, Brasil, depois de confrontos com a polícia durante um protesto contra a privatização da empresa pública de saneamento, que serve o terceiro estado mais povoado do país.

  • O momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado
    1:21

    Mundo

    A investigação ao homicídio do meio-irmão do líder da Coreia do Norte no aeroporto da capital da Malásia está a provocar uma crise diplomática entre os dois países. Esta segunda-feira, um canal de televisão japonês divulgou imagens das câmaras de vigilância do aeroporto que alegadamente captam o momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado.

  • O atentado na Suécia inventado por Donald Trump
    2:12
  • Os ensaios para a maior festa do ano
    1:16

    Mundo

    Em contagem decrescente para o Carnaval, no Rio de Janeiro, já começaram os ensaios para a maior festa do ano. A noite de testes na avenida Marquês de Sapucaí conta com desfiles gratuitos.