sicnot

Perfil

País

Sismo de 3,7 seguido de réplica registados em Porto de Mós

Sismo de 3,7 seguido de réplica registados em Porto de Mós

Um sismo de magnitude 2,6 foi hoje registado em Porto de Mós, trata-se de uma réplica sentida do abalo ocorrido na quarta-feira, pelas 23:22. A réplica registou-se à 1:36, com o epicentro perto de Porto de Mós. O sismo de ontem teve a magnitude de 3,7 na escala de Richter, com epicentro em Porto de Mós. Após o primeiro abalo, os bombeiros receberam centenas de chamadas. À SIC Notícias, o comandante Elísio Pereira diz que não há relatos de danos materiais ou feridos.

  • "A primeira reação era que poderia ter ocorrido alguma explosão perto"
    1:07

    País

    Um sismo de magnitude 3,7 na escala de Richter foi registado ontem à noite na zona de Leiria e Fátima. O epicentro localizou-se em Porto de Mós. O abalo foi sentido às 23h22. Duas horas mais tarde houve uma réplica de magnitude 2,6. Não há informação que o sismo tenha causado estragos, apenas que várias pessoas sentiram o abalo. O jornalista José Milhazes estava em Aljubarrota e sentiu o sismo com intensidade, como descreveu esta manhã à SIC Notícias, via Skype.

  • Troika nem sempre protegeu os mais vulneráveis, conclui avaliação do FMI

    Economia

    O organismo de avaliação independente do FMI concluiu que as medidas aplicadas pela troika em Portugal nem sempre protegeram as pessoas com menos rendimentos, apontando que a primeira preocupação do Fundo era a redução dos défices, apurou o gabinete independente de avaliação do Fundo Monetário Internacional (FMI),

  • "A maioria das pessoas que criticou André Ventura nunca viveu esses problemas"
    3:43

    Opinião

    A polémica em torno das declarações do candidato do PSD à Câmara de Loures, André Ventura, sobre o modo de vida da etnia cigana no concelho, esteve em análise no Jornal da Noite desta segunda-feira. Miguel Sousa Tavares defende que "os problemas existem mas não podem ser generalizados". O comentador SIC considera, ainda assim, que André Ventura tem razão quando diz que "a maioria das pessoas que o criticou nunca viveu esses problemas".

    Miguel Sousa Tavares