sicnot

Perfil

País

Mais de 30 mil assinaturas contra o excesso de peso nas mochilas escolares

Mais de 30 mil assinaturas contra o excesso de peso nas mochilas escolares

Mais de 30 mil pessoas já assinaram a petição contra o excesso de peso das mochilas escolares, pedindo um limite legal para o peso. A petição defende ainda livros mais leves e que se possam dividir em vários volumes. A ideia segue agora para o Parlamento.

  • Bruno, 12 anos de idade e 8 kg às costas
    2:17

    País

    Há crianças a transportar, todos os dias, mais do dobro do peso aconselhável para uma mochila escolar. Acompanhámos várias escolas durante a manhã. Na Secundária João Gonçalves Zarco, em Matosinhos, encontrámos o Bruno. Tem 12 anos, pesa 30 kg e hoje levava às costas uma mochila com 8 kg de carga.

  • Associação de Editores e Livreiros solidária com preocupação sobre peso das mochilas  

    País

    Mais de 27.000 pessoas já assinaram a petição contra o peso das mochilas escolares, um número que agrada aos promotores, satisfeitos com a preocupação já manifestada pelos partidos e pelos livreiros, que se mostraram disponíveis para ajudar na solução. A Associação Portuguesa de Editores e Livreiros manifesta-se solidária com a preocupação e diz que os editores escolares "têm investido bastante na procura das melhores soluções no que diz respeito aos manuais".

  • Quanto pesa a tua mochila?

    País

    Já tem mais de 25 mil assinaturas a petição para reduzir o peso que as crianças carregam nas mochilas. A SIC Notícias passou esta manhã por algumas escolas e levou a balança.

  • Petição contra o excesso de peso nas mochilas escolares
    1:28

    País

    Está em curso uma iniciativa que pretende reduzir o peso das mochilas escolares. É uma petição online e já foi assinada por mais de 15 mil pessoas. Isto porque há crianças que chegam a transportar mais de 10 quilos durante várias horas. O excesso de peso pode provocar vários problemas de coluna.

  • Encontrado corpo de mariscador desaparecido no Barreiro

    País

    O corpo do homem com cerca de 50 anos apareceu esta manhã junto ao Clube Naval do Barreiro, na mesma zona onde tinha desaparecido na noite deste sábado. A informação já foi confirmada à SIC pela Polícia Marítima, que adiantou que o corpo já foi levado para a morgue. O alerta foi dado por volta das 22:30 de ontem pelos companheiros de nacionalidade chinesa que estavam com a vítima na apanha de bivalves na margem sul do Tejo.

  • IPSS despejada nos Açores
    2:25

    País

    A IPSS Aurora Social, de Ponta Delgada, nos Açores, foi notificada pelo tribunal a abandonar a cozinha onde, há mais de 20 anos, fornece comida a quem mais precisa. A decisão judicial partiu de uma queixa dos moradores e põe em causa os postos de trabalho de 13 funcionárias, a maioria com deficiência. Há dois anos que a Secretaria Regional de Solidariedade Social dos Açores tenta encontrar uma alternativa à cozinha, que tem licença da câmara.

  • Pais revoltados com transporte de crianças do Mogadouro
    4:14

    País

    Os pais dos alunos de algumas aldeias de Mogadouro estão preocupados com a falta de segurança do transporte dos filhos para a escola, na sede de concelho. Os pais contestam o autocarro degradado, que avaria com frequência, e a falta de cintos de segurança em percursos rurais com dezenas de quilómetros.

  • Quer conhecer os cães mais feios do mundo?
    1:15
  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.