sicnot

Perfil

País

Almaraz poderá ser a próxima se Madrid renovar licença de Garoña

O Conselho de Segurança Nuclear (CSN) de Espanha deu esta quarta-feira parecer positivo à reabertura da Central Nuclear de Garoña, em Burgos, cuja atividade estava suspensa desde 2012 por questões de segurança. O parecer do CSN é visto como a abertura de um precedente histórico para que uma central nuclear continue a funcionar além dos 40 anos de exploração.

Última atualização 9/2/2017, às 11:25

Almaraz poderá ser a próxima, se Madrid renovar a licença de Garoña após parecer positivo do Conselho de Segurança Nuclear

O Conselho de Segurança Nuclear (CSN) de Espanha deu esta quarta-feira um parecer positivo condicionado à reabertura da Central Nuclear de Santa Maria de Garoña, em Burgos, cuja atividade estava suspensa desde 2012 por questões de segurança.

O parecer do CSN é visto como a abertura de um precedente histórico para que uma central nuclear continue a funcionar para além dos 40 anos de exploração. Todos os grupos parlamentares da oposição já se manifestaram contra a reabertura. Tal como a Greenpeace que exige que o ministro da energia "jogue limpo" e não amplie a vida das centrais nucleares espanholas sem participação democrática e um amplo debate público.

O pedido para a reabertura da central foi entregue em 2015 pelas duas principais acionistas, a Endesa e a Iberdrola.

A decisão final será do Governo espanhol e, se for positiva, poderá abrir caminho para o prolongamento de vida da central nuclear de Almaraz, propriedade da Iberdrola, Endesa e Gas Natural Fenosa, na província de Cáceres, a cerca de 100 quilómetros da fronteira com Portugal.

Em Almaraz quem trabalha na central nuclear recebeu a notícia do parecer positivo do CSN em relação a Garoña com satisfação e espera que o Ministério da Energia espanhol decida favoravelmente agora e no futuro, quando as acionistas da central de Almaraz solicitarem o prolongamento da licença após 2020.

As empresas poderão solicitar esse prolongamento a partir de junho de 2017 e já manifestaram interesse em fazê-lo.


Carla Castelo - Jornalista SIC
Em Almaraz

  • "A nossa lei tem demasiados buracos"
    0:44

    País

    Rui Cardoso acusa a classe política de não querer resolver os problemas da corrupção em Portugal. Entrevistado na Edição da Noite da SIC Notícias o magistrado do Ministério Público considera que ainda há um longo caminho a percorrer no combate à corrupção.

  • Salah Abdeslam deixa cadeira vazia na leitura da sua sentença
    2:05

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo: um tiroteio em março de 2016, em Bruxelas. Tanto Salah Abdeslam como o cúmplice não quiseram estar na leitura da sentença. O julgamento de Salah Abdeslam pelos ataques de Paris só deverá acontecer no próximo ano, em França.

  • Beyoncé e a irmã caem e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.