sicnot

Perfil

País

Ambientalistas anunciam manifestação popular contra poluição no Tejo a 4 de março

O Movimento pelo Tejo - proTEJO anunciou hoje a realização de uma manifestação de protesto contra a poluição do rio Tejo e seus afluentes no dia 4 de março, junto ao cais de Vila Velha de Rodão.

"Os fenómenos extremos de poluição que se têm verificado no rio Tejo e seus afluentes nos últimos dias justificam a realização desta manifestação popular de protesto e para a qual o proTEJO convoca toda a população e comunidades ribeirinhas a participar numa demonstração de cidadania que visa travar as fontes poluidoras e salvar o rio Tejo", disse hoje à Lusa Paulo Constantino, porta-voz do movimento ambientalista, com sede em Vila Nova da Barquinha, no distrito de Santarém.

"As águas do rio Tejo estão negras, cheias de mantos de espuma branca e que consubstanciam casos de poluição extrema, devidamente fotografados e filmados por membros do proTEJO e cidadãos preocupados.

Não há vida nem ecossistemas que resistam a esta barbaridade, que configura um crime gravíssimo, pelo que exigimos do Governo que tome medidas imediatas relativamente às licenças de emissões poluentes das fábricas situadas em Vila Velha de Rodão", no distrito de Castelo Branco.

Paulo Constantino disse que "a origem do problema está bem identificada pelo Governo", tendo defendido a "urgente e imediata revisão da licença de quantidade e qualidade de descargas de afluentes da empresa Celtejo, bem como uma maior fiscalização sobre as descargas dessa empresa", instalada em Vila Velha de Rodão.

Questionado sobre a realização da manifestação contra a poluição do rio Tejo no Cais de Vila Velha de Ródão, dia 4 de março, às 15:00, o dirigente ambientalista lembrou que "foi o próprio Governo quem reconheceu que a Celtejo é uma das principais poluidoras do Tejo e, face a estes episódios de poluição extrema, são necessárias medidas extraordinárias, urgentes e imediatas.

Se o principal problema reside em Vila Velha de Rodão, é lá que nos vamos manifestar".

O Movimento pelo Tejo - proTEJO já havia escrito esta semana uma Carta Aberta ao ministro do Ambiente a denunciar os "fenómenos extremos de poluição que tingem as águas do rio Tejo" desde o início deste mês de fevereiro, e a apelar à "intervenção imediata das autoridades para por cobro aos poluidores e aos focos de poluição".

Anunciou também que em breve seriam anunciadas novas medidas de protesto, caso a poluição não cessasse, e convocou as populações ribeirinhas para manifestações de cidadania em defesa do rio Tejo e seus afluentes.

No dia 26 de setembro de 2015, o movimento ambientalista realizou a primeira "Manifestação contra a poluição no rio Tejo", face ao significativo número de episódios de poluição que o rio Tejo vinha sofrendo, visíveis a olho nu e registados por diversos cidadãos que integram a rede de vigilância do rio Tejo deste movimento.

Lusa


  • Ministra emocionou-se no Parlamento
    2:26

    Tragédia em Pedrógão Grande

    A ministra da Administração Interna disse esta quarta-feira no Parlamento que está, desde a primeira hora, a recolher, analisar e cruzar todos os dados do incêndio de Pedrógão Grande. Constança Urbano de Sousa emocionou-se diante dos deputados e admitiu que tem ainda muitas dúvidas sobre o que aconteceu. Foi pedido um estudo independente ao funcionamento do sistema de comunicações de emergência e uma auditoria à Secretaria-Geral da Administração Interna, a entidade gestora do SIRESP. A ministra explicoui porquê.

  • "O que mais tem havido nesta altura são respostas precipitadas"
    7:21

    Opinião

    Foi um "debate contigo" o de hoje, no Parlamento, sobretudo no frente-a-frente entre António Costa e Passos Coelho, na opinião de Bernardo Ferrão. O subdiretor de informação da SIC sublinha uma declaração "mortal" do primeiro-ministro, quando este disse que "ninguém quer respostas precipitadas". Por outro lado, a comissão técnica independente pedida pelo PSD pode virar-se contra o próprio partido.

    Bernardo Ferrão

  • NotPetya: Lourenço Medeiros explica o novo ciberataque global
    2:44

    Mundo

    A Ucrânia está a ser seriamente afetada por um novo ataque informático. Algumas empresas de grande dimensão estão a ser prejudicadas, agravando a dimensão global do ataque, o qual não parece ser dirigido a ninguém em concreto. Ontem, nas primeiras horas do ataque, não parava de crescer o número de vítimas.

  • Caricaturas de Trump invadem capital do Irão

    Mundo

    O Irão está a organizar um concurso internacional de caricaturas do Presidente norte-americano Donald Trump. Pelas ruas de Teerão já vão surgindo algumas imagens alusivas ao festival que vai realizar-se no próximo mês de julho.

  • De onde vem o dinheiro de Isabel II?

    Mundo

    A rainha Isabel II vai ser aumentada - pelo exercício das suas funções -, em 2018, para 82,2 milhões de libras (93,5 milhões de euros). Este valor é pago pelo Estado britânico. Contudo, esta não é a única fonte de rendimento da rainha de Inglaterra. Isabel II também recebe pelas terras, casas e empresas que tem espalhadas pelo Reino Unido.

  • Companhia aérea obriga deficiente físico a entrar no avião sem ajuda

    Mundo

    Um homem com uma deficiência física que o obriga a andar numa cadeira de rodas foi obrigado a subir sozinho as escadas de um avião da companhia aérea Vanilla Air. Hideto Kijima deparou-se com a situação quando estava a embarcar da ilha de Amami para Osaka, no Japão, com vários amigos que foram proibidos de o ajudar.