sicnot

Perfil

País

Canábis para fins terapêuticos. Ordem vai pedir avaliação

Canábis para fins terapêuticos. Ordem vai pedir avaliação

O novo bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Domingues, disse hoje na SIC Notícias que vai pedir ao Conselho Nacional da Política do Medicamento que avalie a evidência científica da utilização da canábis com fins exclusivamente terapêuticos.

  • "Provavelmente as Parcerias Público-Privadas não valem a pena"
    0:45

    País

    O novo bastonário da Ordem dos Médicos admite que o Estado pode estar a gastar mais dinheiro com as parcerias público-privadas do que se fizesse a própria gestão dos hospitais. Em entrevista à SIC Notícias, Miguel Guimarães defende que é preciso fazer uma avaliação das PPP para saber se funcionam ou não, porque os relatórios conhecidos até hoje são contraditórios.

  • "Até ao final de 2017, todos os portugueses terão médico de família"
    1:01

    País

    O novo bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães acredita que na promessa do ministro da Saúde e diz que é possível que até ao final do ano todos os portugueses tenham médico de família. Em entrevista à SIC Notícias, o bastonário defende que é preciso baixar o número de doentes por médico de família gradualmente e sublinha que é preciso contratar mais clínicos.

  • As leis sobre a posse de canábis no Mundo

    Mundo

    Na maioria dos países a posse de canábis para uso pessoal é ilegal, mas em muitos não é considerada crime. Pequenas doses para consumo próprio são toleradas ou são sancionadas com multas. No entanto, há países como a Arábia Saudita, o Laos ou a Malásia onde está prevista pena de morte para traficantes.

  • 10 Minutos com Miguel Guimarães
    10:12

    País

    Miguel Guimarães, o novo Bastonário da Ordem dos Médicos, foi o convidado desta sexta-feira do 10 minutos, na Edição da Manhã da SIC Notícias. Veja aqui a entrevista na íntegra.

  • Os números das eleições francesas
    0:50

    Eleições França 2017

    Os resultados definitivos mostram que Emmanuel Macron obteve 24% dos votos, na primeira volta das eleições francesas. Ficou quase três pontos à frente de Marine Le Pen, que conseguiu 21,3%. Os números oficiais, publicados pelo Ministério do Interior, dão ainda conta da taxa de abstenção: 22,2%, um ligeiro aumento face à primeira volta das presidenciais de 2012.

  • ASAE encerra em média um restaurante por dia
    1:33
  • Grupo de brasileiros em assalto milionário no Paraguai
    1:24