sicnot

Perfil

País

IPMA eleva para aviso laranja sete distritos da costa norte devido às ondas

ANTÓNIO ARAÚJO

Os avisos meteorológicos para o litoral dos sete distritos a norte de Lisboa, incluído, foram elevados para laranja, devido à previsão do agravamento do estado do mar, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com a informação disponibilizada na página do IPMA, os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria e Lisboa estão sob aviso laranja desde as 08:00 desta sexta-feira e até 23:59, passando depois a aviso amarelo.

O IPMA justifica a decisão com a previsão de ondas de oeste/noroeste com cinco a seis metros, podendo atingir os nove a dez metros de altura máxima.

A Região Autónoma da Madeira também está esta sexta-feira em aviso amarelo, num caso por causa da agitação marítima, vento e chuva (Porto Santo) e noutro por causa do vento e da precipitação (ilha da Madeira).

Para sábado, a agitação marítima esperada levou o IPMA a elevar para aviso laranja em Porto Santo e na região da costa norte da ilha da Madeiro, devido à previsão de ondas com altura significativa que podem chegar a atingir os 10 a 12 metros de altura máxima.

A agitação marítima obrigou também a fechar esta sexta-feira sete barras a toda a navegação em Portugal continental, enquanto três estão condicionadas a embarcações inferiores a 30 metros (Viana do Castelo) ou inferiores a 35 metros (Aveiro e Figueira da Foz), segundo a Marinha.O IPMA prevê para esta sexta-feira uma descida da temperatura máxima.

Lusa

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • O fim do julgamento do caso BPN, seis anos depois
    2:26

    País

    O antigo presidente do BPN José Oliveira Costa tentou adiar o fim do julgamento principal do caso com um recurso para o Tribunal Constitucional. Apesar disso, a leitura do acórdão continua marcada para esta quarta-feira, quase seis anos e meio depois de os 15 arguidos se terem sentado pela primeira vez no banco dos réus.

  • Saída do Procedimento por Défice Excessivo marca debate no Parlamento
    1:40
  • Donald Trump já está no Vaticano 
    1:32