sicnot

Perfil

País

Capotamento de autocarro na A1

Capotamento de autocarro na A1

O despiste e capotamento de um autocarro que ocorreu em Aveiras de Cima, no sentido Lisboa-Porto, fez 23 feridos, um em estado grave. O trânsito ficou normalizado três horas depois.

A circulação rodoviária na A1 reabriu mais de três horas depois de um acidente entre duas viaturas ligeiras e um autocarro, informou a GNR.

Fonte do Comando Geral da Guarda Nacional Republicana (GNR) precisou à agência Lusa que a circulação se normalizou pelas 14.55 depois de ter estado muito condicionada devido ao acidente registado pelas 11:25 e que envolveu a equipa sénior feminina de andebol do clube Passos Manuel.

O clube de andebol informou que cinco das pessoas acidentadas já regressaram a casa, enquanto 14 seguiram para hospitais.

Segundo informação do clube, seis pessoas foram transportadas para o Hospital de Santarém, enquanto três deram entrada no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, e cinco seguiram para o Hospital de Vila Franca de Xira.

Pelas 15:05, a página da Internet da Autoridade Nacional da Proteção Civil já não incluía o acidente na categoria de ocorrência importante e registava 54 operacionais e 23 viaturas no local da colisão entre dois veículos ligeiros e o pesado de passageiros.

A mesma fonte indicou que do acidente resultaram 23 feridos.

O presidente do clube de andebol Passos Manuel, José Emídio, tinha referido anteriormente à agência Lusa que "aparentemente não há situações graves" entre os envolvidos no acidente.

A equipa sénior feminina do Passos Manuel partiu esta manhã de Lisboa, com destino ao Porto, onde iria competir com o Académico FC, num jogo da 1.ª divisão do campeonato nacional de andebol.

  • Trânsito na A1 condicionado após capotamento de autocarro
    0:17

    País

    Um acidente esta manhã na A1 com um autocarro que transportava uma equipa de andebol feminino fez 23 feridos. O veículo despistou-se e tombou no sentido Sul-Norte, logo depois da área de serviço de Aveiras de Cima. O comandante operacional distrital de Santarém, Mário Silvestre, não avança com as causas do acidente.

  • Drone inglês evita execução do Daesh na Síria
    2:08

    Mundo

    A Força Aérea britânica divulgou esta terça-feira um vídeo que mostra um drone a parar uma execução pública que estaria prestes a acontecer às mãos do Daesh, na Síria. As imagens, apesar de cortadas pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, mostram várias pessoas na rua, uma explosão e, depois, a fuga.

  • Atrás das Câmaras em Fátima
    2:48
  • PS quer reconquistar poder em Vila Viçosa
    2:06

    Autárquicas 2017

    Ana Catarina Mendes insistiu na ideia de que o PSD escolheu um modo perigoso de fazer campanha, ao insistir nas críticas à lei da imigração. Ana Catarina Mendes, secretária-geral adjunta do PS, esteve esta quarta-feira em campanha no distrito de Évora.

  • Troca de argumentos entre Medina e Cristas marca campanha em Lisboa
    2:34

    Autárquicas 2017

    Esta quarta-feira o dia de campanha em Lisboa ficou marcado por uma troca de argumentos entre Fernando Medina e Assunção Cristas. O atual presidente da Câmara acusa a candidata do CDS de não respeitar os lisboetas por admitir que pode não exercer o cargo de vereadora até ao fim do mandato. Já Assunção Cristas garante que se for eleita cumpre o mandato até ao fim.

  • Furacão Maria já causou pelo menos nove mortes

    Mundo

    O furacão Maria já causou pelo menos nove mortos durante a sua passagem pelas Antilhas Menores, tendo baixando para uma tempestade de grau três depois de atravessar Porto Rico, segundo as autoridades.

  • Presidente do Irão responde a Trump: "Não toleramos ameaças de ninguém"
    2:13
  • Como mudar um templo com 135 anos e 2 mil toneladas... de lugar

    Mundo

    Um templo budista do século XIX é um dos mais populares em Xangai, na China. Visitado diariamente por milhares de pessoas, precisava de ser relocalizado para evitar que uma tragédia acontecesse. E mesmo pesando cerca de duas mil toneladas, a missão acabou por se provar possível.

  • Casal morre com horas de diferença depois de 75 anos de casamento

    Mundo

    George e Jean Spear morreram no passado dia 15 de setembro, no hospital de Queensway Carleton, em Ottawa (Canadá), depois de terem celebrado 75 anos de casamento em agosto. A britânica de 94 anos conheceu o candaniano em 1941, num salão de bailes, em Londres. George Spear servia as Forças Armadas durante a Segunda Guerra Mundial.

    SIC