sicnot

Perfil

País

Falta de profissionais e mais pedidos de socorro aumentam tempo de espera no INEM

O tempo de espera nas chamadas do INEM aumentou devido à falta de profissionais e a mais pedidos de socorro. É pelo menos esta a explicação do Presidente do Instituto Nacional de Emergência Médica.

Luís Meira disse na manhã desta quarta-feira no parlamento que há 400 vagas por preencher, e que em 2016 saíram do instituto 80 profissionais que não foram substituídos.

Ouvido na Comissão Parlamentar de Saúde, sublinhou ainda que em 2016 houve um aumento muito significativo do número de pedidos de socorro.

Só nos últimos 3 meses de 2016, o INEM recebeu mais 255 chamadas por dia do que no mesmo período de 2015.