sicnot

Perfil

País

Mais de 20 homens ainda no rescaldo do incêndio em armazém de enxofre

LUSA

Mais de 20 homens e 11 veículos permanecem no armazém da Sapec Agro, em Mitrena (Setúbal), que ardeu na quarta-feira, um incêndio que obrigou as populações de algumas localidades a ficar em casa devido à poluição do ar.

Segundo o Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS), o incêndio está dado como dominado, desde terça-feira, mas no local permanecem ainda em operações de rescaldo elementos dos bombeiros de Palmela, dos Sapadores de Setúbal e da GNR.

O incêndio, que deflagrou cerca das 03:00 de terça-feira num armazém de produtos de enxofre, um produto abrasivo e tóxico, provocou ferimentos ligeiros em seis bombeiros.

A poluição do ar obrigou as autoridades a aconselhar as populações das freguesias de Praias do Sado e Faralhão e, mais tarde, da freguesia de Gambia, Pontes e Alto da Guerra a ficarem em casa.

A qualidade do ar na zona de influência do incêndio acabou por ficar restabelecida na noite de terça-feira, segundo a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), que explicou que o fogo fez libertar para a atmosfera dióxido de enxofre.

O poluente foi "monitorizado em contínuo através das estações de qualidade do ar existentes no território nacional", explicou a APA num comunicado emitido na noite de terça-feira, acrescentando que devido aos ventos a nuvem poluente foi arrastada para norte, atravessou a Reserva Natural do Estuário do Sado e atingiu a zona de Vila Franca de Xira.

Em Vila Franca, na estação de Alverca, registaram-se entre as 08:00 e as 12:00, valores elevados de concentração de dióxido de enxofre, com um pico às 11:00.

Fonte da Direção-Geral da Saúde tinha sito à agência Lusa que até meio da manhã de terça-feira os valores registados não tinham excedido os de referência.

A APA estima que os níveis elevados de dióxido de enxofre na proximidade da fábrica tenham acontecido durante a noite de segunda-para terça-feira (o incêndio deu-se às 03:00), o que terá diminuído a exposição das pessoas ao poluente. Garante também que desde as 14:00 os valores observados nas estações fixas de qualidade do ar "decresceram significativamente, encontrando-se a situação controlada".

  • Incêndio em Setúbal obrigou ao encerramento de várias escolas
    2:56

    País

    Seis pessoas ficaram feridas esta terça-feira durante o combate às chamas numa fábrica de adubos em Setúbal. Por causa do fumo tóxico, as escolas foram encerradas e a Proteção Civil pediu às pessoas das aldeias mais próximas para que não saíssem de casa. A Direção-Geral de Saúde confirmou mais tarde que o fumo que saía dos escombros já não representava perigo para a saúde humana.

  • Fumo tóxico obrigou a populações da zona de Setúbal a ficar em casa
    2:17

    País

    Habitantes de Praias do Sado e Faranhão foram aconselhados a ficar em casa e a calafetarem portas e janelas devido ao fumo tóxico do incêndio na fábrica de Setúbal. Jardins de infância e pelo menos quatro escolas primárias da freguesia do Sado foram encerradas. Também no Politécnico de Setúbal as aulas foram interrompidas.

  • Armazém da Sapec totalmente destruído pelo fogo
    2:41

    País

    Seis pessoas ficaram feridas durante o combate às chamas na fábrica da Sapec Agro em Setúbal. Por causa do fumo tóxico, as escolas foram encerradas e a Proteção Civil pediu às pessoas das localidades mais próximas para que não saíssem de casa.

  • "Só numa ditadura é possível tentar esconder o número de vítimas"
    0:51

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O primeiro-ministro diz que é "lamentável" a tentativa de aproveitamento político à volta dos incêndios. António Costa esteve esta quarta-feira à tarde na Autoridade Nacional de Proteção Civil e, no final do briefing, disse que é preciso confiança nas instituições do Estado. O primeiro-ministro deixou ainda muitas críticas à oposição no caso da lista de vítimas de Pedrógão Grande.

  • Sociedade de Pneumologia recomenda cuidados com calor e incêndios

    País

    A Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) alertou esta quarta-feira para os riscos respiratórios decorrentes dos incêndios e temperaturas elevadas, sobretudo para quem sofre de doenças crónicas, propondo medidas preventivas e recordando o aumento de mortalidade associado ao calor.

  • E os 10 mais ricos de Portugal são...

    Economia

    A família Amorim lidera a lista dos mais ricos do país, com uma fortuna avaliada em 3840 milhões de euros. Em segundo lugar surge Alexandre Soares dos Santos com 2532 milhões de euros. A família Guimarães de Mello ainda entra para o top 3, com um valor de 1471 milhões de euros. A lista foi elaborada pela revista EXAME, que conclui que os ricos estão ainda mais ricos, pela quarta vez consecutiva.

    Bárbara Ferreira

  • "Estou grávida! Estou a morrer!"
    1:14
  • Mulher vive sozinha numa ilha há 40 anos

    Mundo

    Zoe Lucas é a única pessoa a viver numa ilha canadiana, no norte do Atlântico. Nas últimas quatro décadas, a mulher de 67 tem partilhado a ilha Sable com cerca de 400 cavalos selvagens e 350 espécies de pássaros.