sicnot

Perfil

País

GEOTA apresenta queixa-crime por suspeitas de corrupção na construção de barragens

O GEOTA, Grupo de Estudos de Ordenamento do Território e Ambiente, apresentou hoje uma queixa na Procuradoria-Geral da República por suspeitas de corrupção e tráfico de influências na construção de três novas barragens.

A queixa-crime foi formalmente entregue às 10h00 na PGR, em Lisboa, por representantes do grupo ambientalista.

O GEOTA pede uma investigação às decisões tomadas pelos responsáveis políticos e técnicos envolvidos na construção das barragens do Tâmega, do Tua e do Sabor.

As suspeitas estão relacionadas com as obras incluídas no Programa Nacional de Barragens de Elevado Potencial Hidroelétrico.

O GEOTA acredita que nos últimos anos estas decisões lesaram de forma grave o interesse público.

  • Ambientalistas pedem investigação criminal às novas barragens de Trás-os-Montes
    0:46

    País

    O grupo ambientalista GEOTA apresentou hoje uma queixa na Procuradoria-Geral da República por suspeitas de corrupção e tráfico de influências em três novas barragens. Em causa estão as barragens do Sabor e do Tua, já concluídas, e o complexo de três barragens no Tâmega, cuja construção teve início recentemente. Joanaz de Melo, do grupo ambientalista, diz que estão em causa vários crimes que envolvem governantes, dirigentes da administração pública e empresas.

  • Investimento de 1.500 M€ para construção de 3 barragens
    2:44

    País

    O arranque oficial da construção do sistema eletroprodutor do Tâmega foi feito esta manhã, em Ribeira de Pena. É um investimento de 1.500 milhões de euros e prevê a construção de três barragens, no Alto Tâmega, Daivões e Gouvães. É considerada uma das maiores empreitadas de sempre no setor elétrico em Portugal, mas associações ambientais estão contra e dizem que o projeto é uma fraude.

  • Passos explica porque se irritou com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.